Taxa de desemprego nos EUA fecha 2016 em 4,7%

Washington, 6 jan (EFE).- A taxa de desemprego nos Estados Unidos fechou 2016 em 4,7% e gerou pelo sexto ano consecutivo mais de 2 milhões de novos vagas, informou o Departamento de Trabalho nesta sexta-feira.

Em dezembro, a taxa aumentou um décimo desde novembro, com a criação de 156 mil novos postos. O setor privado gerou 144 mil novos empregos, enquanto o público proporcionou 12 mil a mais. O número é inferior às estimativas dos analistas, que tinham previsto uma criação de 175 mil novos trabalhos.

No ano passado, a economia americana gerou 2,16 milhões de empregos, contra os 2,7 milhões de 2015.

Um elemento especialmente positivo do relatório é o indicador da média de pagamento por hora, que em 2016 aumentou 2,9% e chegou a US$ 26 (R$ 80), o maior aumento desde 2009.

A participação na força de trabalho elevou levemente, a 62,7% contra 62,6% de novembro.

Esse é o último relatório de desemprego sob o governo do presidente Barack Obama, antes da posse do presidente eleito Donald Trump, no próximo dia 20.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos