ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Menarini Ricerche apresentará no Encontro Anual da ASCO 2018 o design do estudo do CD205-Shuttle, o primeiro estudo do MEN1309/OBT076 conduzido em seres humanos

Menarini Ricerche

01/06/2018 09h00

POMEZIA, Itália, 1 de junho de 2018 /PRNewswire/ -- A Menarini Ricerche (Menarini Group) apresentará no Encontro Anual da ASCO 2018 o design do estudo do CD205-Shuttle, o primeiro estudo clínico multicentro conduzido em seres humanos para avaliação do MEN1309/OBT076, o conjugado droga-anticorpo (CDA) investigado para o tratamento de tumores sólidos metastáticos e linfoma não-Hodgkin (NHL na sigla em inglês).

O MEN1309/OBT076 é um anticorpo monoclonal lgG1 totalmente humanizado, em codesenvolvimento com a Oxford BioTherapeutics (OBT), conjugado para uma toxina de maitansinoide citotóxica potente através de um ligador de clivagem. O CDA é direcionado contra o CD205/Ly75 de glicoproteína transmembrana tipo I, que é sobre-expressado em vários tumores sólidos e em NHL.

O pôster do "CD205-Shuttle study: A first-in-human trial of MEN1309/OBT076 an ADC targeting CD205 in solid tumor and NHL" ("Estudo CD205-Shuttle: o primeiro experimento conduzido em seres humanos do MEN1309/OBT076, um CDA direcionado ao CD205 em tumores sólidos e NHL") concentrado no design inovador do estudo de escalação de dose, será apresentado durante a sessão "Developmental Therapeutics-Clinical Pharmacology and Experimental Therapeutics" ("Terapêutica do Desenvolvimento-Farmacologia Clínica e Terapêutica Experimental") Abstrato número TPS2606, no dia 4 de junho de 2018 entre 8h e 11:30h no McCormick Place Convention Center em Chicago, Illinois.

O estudo CD205-Shuttle está em andamento em importantes centros oncológicos europeus na Itália, Espanha, Bélgica e Reino Unido. O estudo investigou até o presente 5 níveis de dose. A sexta dose está sendo atualmente avaliada.

Sobre o Menarini Group 

O Menarini Group, com sede em Florença, está presente em 136 países ao redor do mundo contando com 17.000 funcionários. Com um faturamento de 3,6 bilhões de euros, a Menarini ocupa hoje a 13ª posição na Europa entre 5.345 companhias e a 35ª posição no mundo entre 21.587 empresas (fonte: IQVIA). A Menarini possui 6 centros de pesquisa e desenvolvimento e seus produtos podem ser encontrados nas áreas terapêuticas mais importantes, dentre elas, cardiologia, gastrenterologia, pneumologia, doenças infecciosas, diabetes, inflamação e analgésicos. Seus produtos são manufaturados nas 16 fábricas do grupo, na Itália e no exterior, onde acima de 583 milhões de unidades são produzidas e distribuídas em cinco continentes todos os anos. Através de seus produtos farmacêuticos, a Menarini contribui continuamente, usando os mais altos padrões de qualidade, com a saúde de pacientes em todo o mundo.

O Menarini Group sempre buscou dois objetivos estratégicos: pesquisa e internacionalização, mantendo um forte compromisso com a pesquisa e o desenvolvimento da oncologia. Como parte desse compromisso com a oncologia, a empresa está desenvolvendo quatro novos medicamentos oncológicos em estudo. Dois deles são biológicos, especificamente o MEN1112, o anticorpo anti-CD157, e o MEN1309, o anticorpo anti-CD205 conjugado com toxina. Adicionalmente, a Menarini acrescentou recentemente duas pequenas moléculas à sua linha de oncologia, o MEN1703, o inibidor de quinase PIM duplo e FLT3, e o MEN1611, o inibidor de PI3K, em desenvolvimento clínico para o tratamento de uma variedade de tumores hematológicos e/ou sólidos.

Para mais informações acesse  http://www.menarini.com.

Logotipo:  http://mma.prnewswire.com/media/520214/Menarini_Ricerche_Logo.jpg  Logotipo:  https://mma.prnewswire.com/media/699671/CD205_Shuttle_Logo.jpg  

FONTE Menarini Ricerche

POMEZIA, Itália, 1 de junho de 2018 /PRNewswire/ -- A Menarini Ricerche (Menarini Group) aprese","image":"","date":"01/06/2018 09h01","kicker":"PR Newswire"}}' cp-area='{"xs-sm":"49.88px","md-lg":"33.88px"}' config-name="economia/economia">

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia