Topo

Ovo de Páscoa custa até quatro vezes mais que barra de chocolate; compare

Aiana Freitas

Do UOL, em São Paulo

2012-04-03T07:00:00

03/04/2012 07h00

O quilo dos ovos de Páscoa é até quatro vezes mais caro do que o das barras de chocolate ou bombons do mesmo tipo e marca. É o que mostra um levantamento feito pelo UOL com 18 produtos na cidade de São Paulo.

A pesquisa mostra, por exemplo, que uma barra Laka (170g, Lacta) pode ser encontrada a R$ 3,99, o que significa que um quilo do chocolate, nesse caso, custaria R$ 23,47.

O ovo de Páscoa Laka (196g) custa R$ 18,29, o que equivale a pagar R$ 93,32 pelo quilo. A diferença é de quase quatro vezes.

No caso do chocolate Alpino (Nestlé), a barra de 170g é vendida a R$ 4,19, o que equivaleria a R$ 24,65 por quilo. Já o ovo da mesma marca, de 500g, custa R$ 37,99, ou R$ 75,98 o quilo. Isso significa que o quilo do ovo custa mais de três vezes que o da barra.

Caixas de bombons também custam bem menos

Produtos vendidos em formatos diferentes de barras também são bem mais baratos do que os ovos. Enquanto uma caixa de bombons Ferrero Rocher (Ferrero), de 187g, custa R$ 14,90, o ovo da mesma marca, de 250g, sai a R$ 29,55.

Isso equivale a dizer que, no caso da caixa, o quilo do chocolate sai a R$ 79,68; no caso do ovo, a R$ 118,20. A diferença é de uma vez e meia, ou 148%.

COMPARE OS PREÇOS

OVO DE PÁSCOAPREÇO (KG)BARRA/BOMBONSPREÇO (KG)VARIAÇÃO
Laka (196g)R$ 93,92Barra (170g)R$ 23,47298%
Bis (230g)R$ 80,40Caixa (140g)R$ 21,36276%
Alpino (500g)R$ 75,98Barra (170g)R$ 24,64208%
Sonho de Valsa (350g)R$ 55,71Bombons (250g)R$ 22,76145%
Suflair (400g)R$ 71,48Barra (130g)R$ 30,70133%
Diamante Negro (215g)R$ 46,05Barra (170g)R$ 25,2483%
Crunch (240g)R$ 41,25Barra (170g)R$ 23,4776%
Talento (375g)R$ 50,64Barra (100g)R$ 29,9069%
Ferrero Rocher (250g)R$ 118,20Bombons (187g)R$ 79,6848%
  • Pesquisa de preços feita em São Paulo, no dia 30/03/2012, nas lojas Chocolândia e Americanas (zona sul) e Extra Hipermercados (Centro) . A comparação foi feita considerando-se os menores preços encontrados

Para fazer a comparação de preços, o UOL considerou apenas produtos que possuem equivalentes em formato de ovos de Páscoa. Três lojas (Chocolândia e Americanas, na zona sul, e Extra, no centro) foram visitadas.

Os preços considerados para comparação foram os mais baixos encontrados, tanto das barras e caixas como dos ovos.

Fabricantes dizem que custo de produção dos ovos é mais alto

Os fabricantes de chocolates dizem que a diferença de preços é resultado do custo de produção, que é maior no caso dos ovos de Páscoa.

"A estrutura envolvida é muito maior, desde o custo de embalagem, produção do ovo (mais complexa do que o tablete), contratação de mão de obra para produção e prestação de esclarecimentos sobre os lançamentos ao consumidor, custo de distribuição e ativação promocional", dizem, em nota, a Nestlé e a Garoto.

A Kraft Foods, responsável pela Lacta, diz, em nota, que embora a matéria-prima seja a mesma, tabletes e ovos são produtos diferentes. "A produção, distribuição e venda de ovos de Páscoa é um processo complexo e sofisticado. A produção de um ovo de chocolate é mais artesanal e cada um deles é embalado manualmente", afirma a empresa em nota.

"Também não podemos esquecer que o ovo de Páscoa é um presente e, para que tenha uma apresentação digna de um presente especial, a quantidade de embalagem é muito maior do que a de um chocolate comum. Por serem mais delicados e volumosos do que os tabletes regulares, os ovos pedem também maior cuidado com o transporte e, portanto, maior número de caminhões para chegarem ao Brasil todo", diz a nota da empresa.

Procurada, a Ferrerro Rocher não enviou resposta.

Mais Economia