Bolsas

Câmbio

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta sexta, 08 de janeiro

Ana Luiza Rosa

Do UOL, em São Paulo

Estourou a meta

A inflação oficial no Brasil fechou 2015 em 10,67%, muito acima do limite máximo da meta do governo. O objetivo era manter a taxa em 4,5% ao ano, mas com tolerância de dois pontos percentuais para mais ou para menos. É a maior alta de preços anual desde 2002, quando o índice chegou a 12,53%.

Os aumentos na conta de luz e no preço dos combustíveis foram os principais responsáveis pelo crescimento da inflação. A energia elétrica ficou em média 51% mais cara,e os combustíveis, 21,43%. Outros vilões da elevação dos preços vieram da cozinha. A cebola teve alta de 60,6%,e o tomate, de 47,45%.

Leia mais

 

Quem poupou, perdeu

A poupança teve valorização de 8,15% em 2015, e ficou abaixo da inflação oficial no ano, de 10,67%. Os dados são do IBGE. Isso significa que quem guardou as economias na poupança no ano passado ano perdeu poder de compra.

Essa é a primeira vez que a poupança perde para a inflação nos últimos 13 anos.

Leia mais

 

Cotações

A Bovespa caiu 0,2%, para 40.612 pontos, e fechou a semana com perda acumulada de 6,32%. O nível de hoje foi o menor desde 20 de março de 2009, quando somou 40.076 pontos.

A queda do dia foi puxada pelo desempenho negativo da Vale. As ações ordinárias da mineradora caíram 3,39%, a R$ 10,54

O dólar fechou com queda de 0,3%, cotado a R$ 4,04 na venda, interrompendo uma sequência de duas altas. Mesmo com o recuo do dia, a moeda acumulou alta de 2,34% na semana.

Leia mais

 

Não dá pra nada

Em dezembro de 2015, o salário mínimo para sustentar uma família de quatro pessoas deveria ter sido de R$ 3.518,51, segundo estimativa do Dieese. Esse valor é cerca de quatro vezes o salário que ainda estava valendo no mês, de R$ 788.

No começo de janeiro, o valor do pagamento subiu para R$ 880.

Leia mais

 

Ficou na malha fina?

A Receita Federal liberou hoje a consulta ao lote de restituições do Imposto de Renda referente aos anos de 2008 a 2015. A restituição vale para quem caiu na malha fina em algum desses anos e regularizou a situação.

Um total de R$ 405 milhões em restituições para 207.573 contribuintes deve ser pago na sexta-feira da próxima semana. O valor é corrigido pela Selic.

Leia mais

 

Banco fechado no Brasil

O Banco Central decretou a liquidação do Banco Azteca do Brasil, alegando "violação das normas legais e regulamentares e ocorrência de prejuízos", o que sujeitaria os credores a "risco anormal".

O Azteca foi fundado há sete anos em Pernambuco pelo bilionário mexicano Ricardo Salinas, um dos homens mais ricos da América Latina. A ideia era que o banco aproveitasse a explosão de consumo do Nordeste para ganhar força para buscar outras regiões do país.

Leia mais

 

Vai acabar

A Lenovo vai encerrar a marca Motorola e deve criar a Moto by Lenovo. A empresa anunciou que a transição vai ser lenta, mas gradual. Nada deve mudar com os smartphones que a Motorola produzia e aparelhos como Moto G e Moto X devem continuar no mercado.

A Lenovo comprou a Motorola em 2014 por cerca de US$ 3 bilhões.

Leia mais

 

Deve chegar por aqui

A empresa de comércio eletrônico Alibaba.com, da gigante chinesa Alibaba, pretende abrir um escritório no país no longo prazo. De acordo com o líder de negócios da companhia para a América Latina, Alex Tsai, nem a desaceleração econômica do país vai mudar os planos de investimento.

Até abril de 2015, a companhia registrou 60 milhões de pedidos de brasileiros, com 18 mil novos usuários por dia.

Leia mais


Agenda

Na segunda-feira vence o prazo para pagamento do IPVA para os donos de automóveis de São Paulo com placas de final 1. E a FGV divulga as prévias do IGP-M referente a janeiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos