Bovespa tem menor nível desde março de 2009 e desaba 6,32% na semana

Do UOL, em São Paulo

A semana foi bem ruim para a Bovespa, que desabou no período e terminou com perda acumulada de 6,32%. Nesta sexta-feira (8), o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, caiu 0,2%, a 40.612,21 pontos. Esse é o menor nível de fechamento desde 20 de março de 2009 (40.076,41 pontos). 

A perda desta sexta foi a terceira baixa seguida do índice. Na véspera, havia caído 2,58%.

A semana foi complicada com duas quedas fortes da Bolsa da China.

Vale cai

A queda do dia foi puxada pelo desempenho negativo da mineradora Vale, que tem grande peso sobre o índice.

As ações ordinárias da Vale (VALE3), com direito a voto em assembleia, caíram 3,39%, a R$ 10,54. As preferenciais (VALE5), que dão prioridade na distribuição de dividendos, perderam 4,76%, a R$ 8,20

Petrobras sobe

No sentido oposto, os papéis ordinários da Petrobras (PETR3) subiram 0,38%, a R$ 7,86, enquanto os preferenciais (PETR4) avançaram 0,16%, a R$ 6,27. 

Dólar cai, mas fecha acima de R$ 4

dólar comercial fechou o dia com queda de 0,3%, cotado a R$ 4,04 na venda, interrompendo uma sequência de duas altas. Na véspera, o dólar havia avançado 0,77% e atingido o maior valor de fechamento desde 29 de setembro.

Mesmo com o recuo do dia, continuou acima de R$ 4 e acumulou uma alta de 2,34% na semana.

Bolsas internacionais

O principal índice de ações da Europa, o FTSEurofirst 300, fechou em queda de 1,49%, acumulando baixa de cerca de 7% na semana. Desta forma, o índice teve o pior desempenho desde agosto de 2011, quando caiu quase 10%. As principais Bolsas da região também caíram.

  • Espanha: -1,66%;
  • França: -1,59%;
  • Itália: -1,58%;
  • Alemanha: -1,31%;
  • Inglaterra: -0,70%;
  • Portugal: -0,30%

Um dia após a queda de 7% da Bolsa chinesa, os principais mercados da Ásia e do Pacífico fecharam sem tendência definida.

  • China: +1,98%;
  • Cingapura: +0,78%;
  • Coreia do Sul: +0,70%;
  • Hong Kong: +0,59%;
  • Taiwan: +0,53%;
  • Austrália: -0,38%;
  • Japão: -0,39%

(Com Reuters) 

 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos