PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

PIB: Brasil ganha de Venezuela, mas fica atrás de Paraguai, Cuba e Haiti

Do UOL, em São Paulo

04/03/2016 06h00

economia brasileira encolheu 3,8% em 2015 na comparação com 2014. Os dados foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (3).

O desempenho brasileiro foi pior do que o registrado em outros países emergentes (China, Índia e Rússia) e também inferior ao verificado em vizinhos da América Latina, como Paraguai e Peru, por exemplo. Por outro lado, ficou à frente da Venezuela, que enfrenta uma grave crise econômica e política. Se fosse uma corrida de países, seria como se o Brasil tivesse ficado entre os últimos colocados.

O UOL fez um levantamento sobre o PIB de alguns países. Parte deles já divulgou seus resultados de 2015, outros soltaram dados preliminares e alguns ainda aguardam a divulgação, mas têm estimativas feitas pelos bancos centrais e/ou órgãos internacionais, como FMI (Fundo Monetário Internacional) e Cepal (Comissão Econômica para a Améria Latina).

 

Comparação é ilustrativa

A comparação entre os PIBs dos países é um exemplo ilustrativo. Cada economia tem suas particularidades e um contexto social diferente.

Normalmente, espera-se que as economias de países emergentes tenham ritmo de crescimento maior que o de economias já consolidadas, por exemplo.

No entanto, a crise econômica de 2008/2009 fez com que a economia de vários países ricos recuasse; agora, observa-se uma recuperação nesses locais.

Enquanto isso, alguns emergentes enfrentam problemas específicos, como é o caso do Brasil, onde o desemprego está subindo e a inflação está em um patamar alto, mesmo com a desaceleração da economia.

A China também é um caso à parte: o crescimento de 6,9% do seu PIB é muito maior do que na maioria dos outros países, mas representa uma desaceleração em relação aos períodos anteriores. Foi o pior desempenho em 25 anos.

Entenda o ajuste fiscal do governo

UOL Notícias