PIB: agropecuária tomba 2% e indústria mostra recuperação no 2º trimestre

Do UOL, em São Paulo

  • Marcelo Justo/Folhapress

A economia brasileira encolheu 0,6% no segundo trimestre sobre os primeiros três meses do ano, mas a indústria e os investimentos deram os primeiros sinais de recuperação. A indústria mostrou expansão de 0,3% no trimestre passado sobre o anterior, interrompendo cinco sequências seguidas de queda. 

O setor agropecuário brasileiro, no entanto, encolheu 2% no segundo trimestre do ano. A queda foi mais acentuada do que a verificada no período anterior, de 0,3%. 

Os serviços também apresentaram recuo, de 0,8%, no mesmo tipo de comparação. 

Os dados, divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quarta-feira (31), também mostraram que o PIB brasileiro encolheu 3,8% em relação ao mesmo período de 2015. 

Comparação com o 2º trimestre de 2015

Em relação ao mesmo trimestre do ano passado, todos os setores tiveram queda: a agropecuária caiu 3,1%, a indústria, 3% e os serviços, 3,3%. 

Segundo o IBGE,  o resultado da agropecuária foi influenciado pelo fraco desempenho de safras importantes no segundo trimestre. Com exceção do café, que apresentou crescimento na estimativa de produção anual de 11,2%, as demais culturas com safra neste período registraram queda na estimativa de produção anual e perda de produtividade: milho (-20,5%), arroz (-14,7%), algodão (-11,9%), feijão (-9,1%) e soja (-0,9%).

Na indústria, pesou a diminuição da produção de máquinas e equipamentos; da indústria automotiva e outros equipamentos de transporte; produtos metalúrgicos; produtos de metal; artigos do vestuário; produtos do refino de petróleo e móveis.

Ainda de acordo com a pesquisa,  no segundo trimestre de 2016, a despesa de consumo das famílias caiu 5%. Este resultado pode ser explicado pela deterioração dos indicadores de inflação, juros, crédito, emprego e renda ao longo do período, afirma o IBGE. 

Entenda o que é o PIB e como ele é calculado

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos