Bolsas

Câmbio

População entende alta dos combustíveis, como diz Temer? Veja reações em SP

Do UOL em São Paulo

Após o anúncio do aumento dos impostos sobre combustíveis, na quinta-feira (20), o presidente Michel Temer afirmou que "a população brasileira irá compreender" a alta, "porque este é um governo que não mente, que não dá dados falsos".

Temer ainda justificou o aumento, dizendo que o governo vem buscando "manter a responsabilidade fiscal".

O UOL foi às ruas de São Paulo para saber das pessoas se elas compreendem o aumento dos impostos. Confira no vídeo acima.

O aumento já está sendo repassado para os consumidores. Postos em várias cidades do Brasil remarcaram os preços nas bombas desde a manhã desta sexta-feira (21).

Silvio Campos Neto, economista sênior da Tendências Consultoria, estima que o efeito direto seja um aumento de R$ 0,40 no litro da gasolina e de R$ 0,20 no litro do etanol.

A alta dos impostos não deve afetar só o preço da gasolina, do diesel e do etanol, mas ter um efeito cascata sobre toda a economia, incluindo transporte público, como ônibus, e alimentos no supermercado, avaliaram economistas consultados pelo UOL.

Pato amarelo

Representantes dos empresários também reclamaram da alta. A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) voltou a expor o pato amarelo inflável, um dos principais símbolos das manifestações pelo impeachment de Dilma Rousseff (PT), em sua sede em São Paulo, na Avenida Paulista.

Temer disse que a reação dos empresários é "natural", porque "ninguém quer tributo", mas que o imposto "é fundamental para incentivar o crescimento, para manter a meta fiscal, para alcançar a estabilidade do país".

Aumento de impostos

O presidente assinou na quinta-feira o decreto aumentando as alíquotas de PIS/Cofins sobre combustíveis para ajudar no cumprimento da meta para as contas públicas.

Em nota, o governo afirmou que a alta de impostos sobre os combustíveis deve gerar receitas extras de R$ 10,4 bilhões em 2017.

Veja quais são as novas alíquotas de PIS/Cofins definidas para os combustíveis:

  • Gasolina: subiu de R$ 0,3816 para R$ 0,7925 por litro
  • Diesel: subiu de R$ 0,248 para R$ 0,4615 por litro
  • Etanol (produtor): passou de R$ 0,12 para R$ 0,1309 por litro
  • Etanol (distribuidor): era zerada e passou a ser de R$ 0,1964 por litro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos