PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Nubank lança cartão de débito de olho em quem não tem conta em banco

Divulgação
Imagem: Divulgação

Téo Takar

Do UOL, em São Paulo

11/12/2018 11h44

A fintech (empresa de tecnologia que fornece serviços financeiros) Nubank anunciou nesta terça-feira (11) o lançamento da função débito do seu cartão, vinculado à conta corrente digital da empresa, chamada de Nuconta. Atualmente, 2,5 milhões de clientes têm conta digital da fintech. 

A função débito não estará disponível imediatamente para todos os clientes. A Nubank está substituindo gradativamente os cartões por novos, com tecnologia mais avançada. Dos que já receberam o novo cartão, 10 mil poderão solicitar a função débito pelo site da empresa e aguardar a liberação. A empresa diz que aos poucos vai disponibilizar a função para os clientes restantes. 

"A Nuconta já tinha a opção de pagamento de boletos e de transferência para outras contas. E ainda oferecíamos a remuneração de 100% do CDI do dinheiro parado na conta. Faltava a função débito", disse David Vélez, presidente e cofundador da Nubank. 

Cartão para quem não tem conta em banco

Com a função débito, a companhia pretende oferecer o cartão para dezenas de milhões de pessoas, sem necessidade de análise de crédito. Hoje, a Nubank é a quinta maior emissora de cartões do país, com cinco milhões de clientes utilizando a função crédito.

"Temos 20 milhões de pessoas interessadas no cartão de crédito Nubank, mas não pudemos liberar o cartão por causa de questões de análise de crédito. Agora, poderemos emitir cartões para eles com a função débito", afirmou Vélez.

Além de "roubar" clientes que hoje estão nos bancos, a Nubank está de olho nos 60 milhões de brasileiros que ainda não têm conta em banco. "Muitas pessoas têm smartphone, mas não têm conta em banco. Queremos trazer essas pessoas para a Nubank, oferecendo um produto simples e eficiente", disse Vélez.

Opção de saque

Além de permitir compras em qualquer estabelecimento que tenha maquininha de cartão, a nova função permitirá que os clientes façam saques na rede Banco 24 Horas. Para a opção de saque, haverá cobrança de R$ 6,50 por operação.

"Há uma série de custos que não dependem da Nubank para oferecer o saque. Decidimos que era melhor cobrar apenas de quem quiser fazer saque do que criar outras tarifas", explicou Cristina Junqueira, vice-presidente e cofundadora da Nubank.

Porta giratória

A Nubank aproveitou o lançamento da função débito do seu cartão para cutucar os grandes bancos tradicionais. O evento, com a presença de centenas de clientes, foi realizado na Pinacoteca de São Paulo (SP).

"Resolvemos fazer o evento aqui porque queríamos trazer um objeto que, por muito tempo, fez parte da rotina de vocês e, a partir de hoje, será peça de museu: a porta giratória", disse Junqueira. Em seguida, ela puxou um pano preto que encobria o equipamento normalmente encontrado na entrada das agências bancárias.

Cofundadores posam ao lado de porta giratória: "será peça de museu" - Téo Takar/UOL - Téo Takar/UOL
Cofundadores posam ao lado de porta giratória: "será peça de museu"
Imagem: Téo Takar/UOL

"Há seis anos, eu me mudei para o Brasil e passei pela experiência que todos vocês já conhecem [de ser mal atendido no banco]. Foi uma experiência que mudou minha vida. Eu não conseguia entender por que os brasileiros ainda tinham que passar pela porta giratória, ser mal atendidos e pagar tarifas caras", disse Vélez.

"Foi aí que visualizei a oportunidade de oferecer serviços bancários, com opções mais simples e eficientes. O Nubank é um produto feito pensando no cliente. Essas grandes instituições, depois de anos crescendo, infelizmente esqueceram que tinham clientes", disse o presidente da fintech."

Se não sabe responder a estas 5 questões, será muito difícil ficar rico

UOL Notícias