IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Após BB, Itaú também anuncia programa de demissão voluntária

Do UOL, em São Paulo

29/07/2019 19h46

O Itaú Unibanco anunciou nesta segunda-feira (29) o lançamento de um Programa de Desligamento Voluntário (PDV) para todas as empresas controladas pelo grupo no Brasil. Mais cedo, o Banco do Brasil também havia anunciado um Programa de Adequação de Quadro (PAQ), com incentivos de R$ 20 mil a R$ 200 mil para aqueles que se demitirem voluntariamente.

"Esse programa tem o objetivo de dar a oportunidade de uma transição de carreira segura para quem tem interesse em deixar a empresa e para adequar suas estruturas à realidade do mercado, beneficiando colaboradores que se enquadram em alguns pré-requisitos", informou a empresa, em comunicado ao mercado.

Os funcionários elegíveis poderão aderir ao programa de 1º a 31 de agosto de 2019. Para eles, o banco oferece duas opções de pacotes de benefícios:

  • pagamento de 0,5 salário por ano trabalhado (limitado a 6 salários) e manutenção do plano de saúde por 60 meses; ou
  • pagamento de 0,5 salário por ano trabalhado (limitado a 10 salários) e manutenção do plano de saúde por 24 meses.

Segundo o banco, ambos os pacotes possuem outros benefícios, tais como participação nos lucros e resultados e pagamento de todas as verbas rescisórias legais.

"O Itaú Unibanco esclarece que o PDV não afetará a qualidade e a disponibilidade de seus serviços aos seus clientes", informou.

(Com Reuters)

Mais Economia