IPCA
-0.04 Set.2019
Topo

Todos a Bordo


Jatinho pode ter mais luxo que 1ª classe e custar R$ 300 mi; veja 5 modelos

Vinícius Casagrande

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/09/2019 04h00

Um jato executivo é sinônimo de luxo, mas alguns desses aviões abusam do requinte e sofisticação e oferecem regalias que não são encontradas nem nas melhores primeiras classes. Entre os mais caros do mundo, estão modelos que oferecem muito conforto a bordo para até 19 passageiros e conseguem viajar mais de 14 horas com, no máximo, uma parada.

O privilégio de ter um avião inteiro à disposição é para pouquíssimos. Somente o investimento para comprar um jato luxuoso pode chegar a quase R$ 300 milhões. E ainda há os custos com manutenção, pilotos e comissários, combustível e taxas aeroportuárias.

A reportagem selecionou os modelos mais caros entre as principais fabricantes de jatos executivos (Bombardier, Gulfstream, Dassault, Embraer e Cessna). Aviões comerciais adaptados para o mundo executivo, como os da Boeing e Airbus, não foram considerados. Conheça abaixo os cinco jatinhos mais caros do mundo.

5) Dassault Falcon 8X - US$ 59,3 milhões (R$ 240 milhões)

O Dassault Falcon 8X tem autonomia para voar de São Paulo a Moscou sem escala - Divulgação
O Dassault Falcon 8X tem autonomia para voar de São Paulo a Moscou sem escala
Imagem: Divulgação

O Dassault Falcon 8X tem cabine interna requintada e capacidade para até 16 passageiros - Divulgação
O Dassault Falcon 8X tem cabine interna requintada e capacidade para até 16 passageiros
Imagem: Divulgação

O Dassault Falcon 8X é o "mais barato" entre os cinco jatos executivos mais caros do mundo e o único abaixo dos US$ 60 milhões. O avião tem alcance de voo de quase 12 mil quilômetros e pode voar de São Paulo a Moscou (Rússia) sem escala, com oito passageiros a bordo. Esse alcance é com oito passageiros a bordo, mas a capacidade da aeronave é maior (até 16 passageiros).

O jato tem cabine interna dividida em três áreas, além de uma cozinha completa e banheiro. Na parte traseira, há dois sofás que podem ser abertos e transformados em uma cama de casal. Os passageiros contam com sistema individual de entretenimento a bordo e internet de alta velocidade.

4) Gulfstream G550 - US$ 61,5 milhões (R$ 250 milhões)

O Gulfstream G550 pode percorrer mais de 12,5 mil quilômetros - Divulgação
O Gulfstream G550 pode percorrer mais de 12,5 mil quilômetros
Imagem: Divulgação

As poltronas do Gulfstream G550 reclinam totalmente, até formar uma cama de casal - Divulgação
As poltronas do Gulfstream G550 reclinam totalmente, até formar uma cama de casal
Imagem: Divulgação

O Gulstream G550 tem velocidade máxima de 904 km/h e alcance de mais de 12,5 mil quilômetros. O jatinho tem capacidade para levar até 18 passageiros em sua configuração máxima, com bastante conforto.

A configuração interna pode ser alterada de acordo com as necessidades de cada cliente. Segundo a fabricante, os passageiros podem escolher até quatro opções de ambientes de estar, oito leitos e uma cozinha, que pode ficar na parte dianteira ou traseira do avião.

3) Bombardier Global 6000 - US$ 62,3 milhões (R$ 253 milhões)

O Bombardier Global 6000 pode ligar o Brasil à Europa ou aos Estados Unidos sem escala - Marcelo Pereira/UOL
O Bombardier Global 6000 pode ligar o Brasil à Europa ou aos Estados Unidos sem escala
Imagem: Marcelo Pereira/UOL

A cabine interna do Bombardier Global 6000 tem três ambientes, com área de descanso e mesa de trabalho - Marcelo Pereira/UOL
A cabine interna do Bombardier Global 6000 tem três ambientes, com área de descanso e mesa de trabalho
Imagem: Marcelo Pereira/UOL

Com capacidade para 17 passageiros, a cabine do jatinho é dividida em três ambientes, com grandes poltronas e sofás que viram camas. O alcance máximo do avião é de 11.112 quilômetros, o que permite voar sem escala de São Paulo até Berlim (Alemanha), Atenas (Grécia) ou Los Angeles (EUA).

Voltado a empresários, o avião foi pensado para facilitar o trabalho a bordo, com mesas, telefone via satélite e conexão à internet. O compartimento de bagagem pode ser acessado direto da cabine, mesmo durante o voo.

2) Gulfstream G650ER - US$ 71,5 milhões (R$ 290 milhões)

A versão de alcance estendido do Gulfstream G650ER tem autonomia para até 13.890 quilômetros - Divulgação
A versão de alcance estendido do Gulfstream G650ER tem autonomia para até 13.890 quilômetros
Imagem: Divulgação

A pressurização da cabine com mais oxigênio dá mais conforto ao passageiro do Gulfstream G650ER - Divulgação
A pressurização da cabine com mais oxigênio dá mais conforto ao passageiro do Gulfstream G650ER
Imagem: Divulgação

O Gulfstream G650ER é a versão com maior alcance do G650 e pode voar até 13.890 quilômetros, dando a volta ao mundo com apenas uma parada para reabastecimento. O avião tem capacidade para até 19 passageiros, mas é com dez passageiros a bordo que o avião atinge o máximo conforto.

Além das poltronas, sofás e camas, o G650ER tem outras vantagens para aumentar o conforto a bordo. Por exemplo, a pressurização da cabine permite um ar com mais oxigênio, o que reduz o desconforto do voo.

O modelo já ganhou diversos prêmios, entre eles o troféu Robert J Collier, em reconhecimento aos "significativos avanços tecnológicos no desempenho da aeronave, conforto e segurança".

1) Bombardier Global 7500 - US$ 72,8 milhões (R$ 296 milhões)

Além de mais caro, o Bombardier Global 7500 também tem o maior alcance da categoria - Divulgação
Além de mais caro, o Bombardier Global 7500 também tem o maior alcance da categoria
Imagem: Divulgação

A Master Suite do Bombardier Global 7500 tem cama de casal e banheiro com chuveiro - Divulgação
A Master Suite do Bombardier Global 7500 tem cama de casal e banheiro com chuveiro
Imagem: Divulgação

O jato mais caro do mundo é o Bombardier Global 7500, com preço básico de quase R$ 300 milhões. Dependendo das exigências do novo proprietário, pode passar desse valor.

O avião também tem o maior alcance da categoria, com autonomia para 14.260 quilômetros. A capacidade máxima é de 19 passageiros.

São quatro ambientes internos, além de uma aérea exclusiva para descanso dos tripulantes. Na suíte Conference, é possível abrir uma mesa para até seis passageiros. O local pode ser usado tanto para refeições como para reuniões de negócio durante o voo.

O espaço mais privilegiado é a Master Suite, que inclui uma cama de casal e banheiro com chuveiro.

Quer saber mais informações e dicas sobre economia e finanças pessoais de um jeito fácil de entender? Siga @uoleconomia no Instagram!

Com telefone, wi-fi e projetores, avião executivo é extensão do escritório

UOL Notícias

Mais Todos a Bordo