PUBLICIDADE
IPCA
0,21 Jan.2020
Topo

Guedes foi a Miami e Weintraub, à Disney; veja onde ministros passam férias

O ministro da Economia, Paulo Guedes - Wallace Martins/Futura press/Estadão Conteúdo
O ministro da Economia, Paulo Guedes Imagem: Wallace Martins/Futura press/Estadão Conteúdo

Carla Araújo e Guilherme Mazieiro

Colaboração para o UOL e do UOL, em Brasília

13/02/2020 15h54Atualizada em 13/02/2020 19h58

Resumo da notícia

  • Ministro Paulo Guedes defendeu dólar alto e sugeriu que brasileiros viajem a destinos nacionais
  • Guedes passou as últimas férias em Miami, nos EUA
  • Abraham Weintraub (Educação) tirou férias de 14/12 a 4/1 e foi à Disney com mulher e filhos
  • Onxy Lorenzoni (Casa Civil) estava de férias nos EUA em janeiro
  • Moro foi em julho aos EUA e em dezembro ao Canadá
  • Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde) curtiram férias no Brasil

"Vai passear ali em Foz de Iguaçu, vai passear ali no Nordeste, tá cheio de praia bonita". A frase foi dita pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que defendeu o dólar alto, dizendo que, com a moeda a R$ 1,80, muitas domésticas estavam indo à Disneylândia. Mas nem o próprio Guedes segue o conselho de priorizar destinos nacionais.

O ministro passou as últimas férias em Miami, nos Estados Unidos. Outros membros do primeiro escalão do governo de Jair Bolsonaro também viajaram para o exterior.

O dólar comercial vem batendo recorde atrás de recorde, e na quarta-feira (12) fechou valendo R$ 4,351 na venda.

Weintraub na Disney

Abraham Weintraub - Marcelo Camargo/Agência Brasil
Abraham Weintraub
Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ministro da Educação, Abraham Weintraub tirou férias de 14 de dezembro a 4 de janeiro e escolheu como destino justamente a Disney, junto com a mulher e os filhos.

Durante sua passagem pelo local, o ministro postou uma foto com a mulher nas redes sociais, em frente a um dos principais castelos do parque Magic Kingdom.

"Nova polêmica: em total quebra de liturgia, Weintraub não usa jatinho da FAB nem leva sogra nas férias (como fez um antigo ministro). Além disso, beija de forma opressora a própria esposa e frequenta templo de consumo estadunidense (sem recursos públicos)", ironizou o ministro.

Onyx nos EUA

Onyx Lorenzoni -
Onyx Lorenzoni

O ministro da Casa Civil, Onxy Lorenzoni, estava de férias nos Estados Unidos quando o presidente demitiu o secretário-executivo da pasta, Vicente Santini, e retirou atribuições da pasta, com a transferência do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) para o Ministério da Economia.

Para tentar se manter no cargo, Onyx antecipou seu retorno, marcado para 3 de fevereiro, para o dia 31 de janeiro.

Ramos nos EUA

Outro ministro que aproveitou o recesso para viajar ao exterior foi Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), que também foi aos Estados Unidos com a família passar as festas de final de ano.

Moro nos EUA e no Canadá

Sergio Moro -
Sergio Moro

Em julho do ano passado, o ministro Sergio Moro (Justiça) tirou cinco dias de licença não remunerada para tratar de "assuntos particulares" e viajou aos EUA. Ele tirou licença porque, como iniciou no cargo em janeiro de 2019, ainda não podia tirar férias

A mulher do ministro, Rosângela Moro, postou uma foto dele na capital norte-americana, Washington.

A única coisa que devemos temer é o próprio medo.

Uma publicação compartilhada por Rosangela Wolff Moro (@rosangelawmoro) em

O ministro voltou à América do Norte em dezembro, durante o recesso de fim de ano. A foto abaixo é do ex-juiz da Lava Jato ao lado de uma estátua do ex-primeiro ministro britânico Winston Churchill, em Toronto, no Canadá.

"Tempo de renovar energias com exemplos do passado e de sempre", escreveu Moro em seu Twitter.


Destinos nacionais

Tarcísio de Freitas -
Tarcísio de Freitas

Apontado como um dos ministros mais bem avaliados dentro do governo, Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) aproveitou as férias para encontrar a família em Natal, no Rio Grande do Norte. Passou o Natal lá e retornou ao trabalho em 8 de janeiro.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, também foi autorizado a tirar férias de 31 de dezembro a 10 de janeiro. Na virada do ano, o ministro foi ao Rio de Janeiro e, depois, passou os dias restantes descansando em sua fazenda no Mato Grosso do Sul.

Sem férias

Augusto Heleno -
Augusto Heleno

Dois ministros palacianos —aqueles que possuem a maior proximidade com o presidente— não tiraram férias desde que assumiram o cargo.

Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), e Jorge Oliveira (Secretaria-geral) passaram o recesso de final de ano em Brasília, de acordo com suas assessorias de imprensa.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Guedes: Com dólar baixo, até empregada foi à Disney

Band Notí­cias

Economia