PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Secretário diz que seguro-desemprego começará a ser pago na semana que vem

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

28/04/2020 16h58

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, disse, ontem, em coletiva, que a parcela do seguro-desemprego que foi prometida aos afetados pela crise do coronavírus começará a ser paga na semana que vem.

"Começa na próxima semana o pagamento do 'BEm' [nome dado ao Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda], que será pago para a manutenção do emprego", disse Bruno Bianco em entrevista coletiva concedida ontem. Porém, ele não cravou uma data específica.

Os trabalhadores que tiveram de reduzir jornada e salário ou tiveram seus contratos suspensos durante a pandemia receberão um benefício emergencial, que será equivalente a uma parte do seguro-desemprego a que teriam direito se fossem demitidos.

Anteriormente, o governo já havia informado que, durante a suspensão do contrato, não será possível conceder férias, informar outro afastamento ou demitir o empregado. Não haverá pagamento do salário-família nos meses em que a suspensão abranger o mês inteiro.