PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Governo volta a cogitar taxa como a CPMF para estimular emprego, diz jornal

Ministro da Economia, Paulo Guedes, em Brasília -
Ministro da Economia, Paulo Guedes, em Brasília

Do UOL, em São Paulo

09/05/2020 10h26

A equipe econômica do governo Bolsonaro voltou a cogitar a criação de um imposto sobre transações financeiras para reduzir as taxas que incidem sobre os salários e facilitar a contratação por partes das empresas em meio à crise do novo coronavírus. A informação é do jornal "O Globo".

O tributo seria semelhante à extinta CPMF e voltou a ser cogitado após a queda da MP do Contrato Verde Amarelo, que facilitaria a contratação de jovens entre 18 e 29 anos reduzindo encargos trabalhistas. Sem acordo para ser votada no Congresso, a medida provisória acabou revogada pelo presidente Bolsonaro.

A volta do imposto foi debatida no final do ano passado, mas sem apoio do Congresso e aliados, esfriou.

Para auxiliares do ministro da Economia, Paulo Guedes, o tema deve voltar a debate "no momento oportuno" e não agora.

Segundo a fonte ouvida pelo jornal, a criação de um imposto nos moldes da CPMF ainda encontra resistência no Congresso por "punir os mais pobres". A saída, então, seria taxar os mais ricos, afirma a publicação.

Economia