PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Mercado melhora previsão para o PIB em 2020, mas ainda vê queda de 5,52%

Previsão para o desempenho da economia leva em consideração impactos do coronavírus - Getty Images
Previsão para o desempenho da economia leva em consideração impactos do coronavírus Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

17/08/2020 08h44Atualizada em 17/08/2020 12h39

Economistas consultados pelo Banco Central melhoraram a previsão para o PIB (Produto Interno Bruto), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, deste ano. O mercado, que na semana passada previa queda de 5,62% para a economia, agora vê uma retração um pouco menor, de 5,52%.

A queda prevista para a economia brasileira leva em consideração os impactos negativos da pandemia do coronavírus, que provocou o fechamento de várias atividades no país.

A previsão para a inflação ao fim do ano teve alta, enquanto as projeções para a taxa básica de juros (Selic) e para o dólar foram mantidas.

Veja abaixo as previsões dos economistas para o final de 2020 divulgadas hoje no Boletim Focus, do Banco Central.

  • PIB: passou de -5,62% para -5,52%
  • Inflação: passou de 1,63% para 1,67%
  • Dólar: mantido em R$ 5,20
  • Selic: mantida em 2%