PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Aposentado tem até março para fazer prova de vida e não perder o benefício

INSS divulgou adiamento de bloqueio nos pagamentos - Getty Images
INSS divulgou adiamento de bloqueio nos pagamentos Imagem: Getty Images

Colaboração para o UOL

20/01/2021 09h55

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) adiou por um mês o bloqueio de aposentadorias e pensões de segurados que estão sem fazer a prova de vida desde março do ano passado. Agora, os benefícios serão bloqueados no final de março deste ano. A data anterior era fevereiro.

A prova de vida é um procedimento obrigatório. Todos os anos, aqueles que recebem benefícios do INSS precisam comparecer a uma agência ou ao banco em que é correntista para provar ao Estado que estão vivos. Caso não o façam, o pagamento é bloqueado. A prorrogação atual vale para os beneficiários residentes no Brasil e no exterior.

De acordo com a portaria publicada hoje no Diário Oficial da União, a rotina e obrigações contratuais estabelecidas entre o INSS e a rede bancária que paga os benefícios permanece. A comprovação da prova de vida deverá ser realizada normalmente pelos bancos.

Como fazer a prova de vida

Cada banco costuma determinar por conta própria as datas para os beneficiários comparecerem a uma agência. Alguns usam a data do aniversário do beneficiário, outros, a data de aniversário do benefício, e há os que convocam o beneficiário na competência que antecede o vencimento da prova de vida.

Os beneficiários que não puderem ir até às agências bancárias por motivos de doença ou dificuldades de locomoção podem realizar a comprovação de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS, assim como os segurados que residem no exterior.

De toda forma, quem não puder fazer a prova de vida continuará recebendo normalmente o benefício até março, sem risco de bloqueio nesse período, de acordo com o INSS.

Quem puder comparecer à prova de vida deve ir diretamente no banco em que recebe o benefício, apresentar um documento de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação e outros). Algumas instituições financeiras já utilizam a tecnologia de biometria nos terminais de autoatendimento