PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Caixa diz que vai contratar 10 mil, sendo 1.000 em novo concurso público

Dentre 4.000 empregados a serem contratados, 3.000 serão convocados de um concurso vigente, a depender de aprovação pelo governo - Marcelo Camargo/Agência Brasil
Dentre 4.000 empregados a serem contratados, 3.000 serão convocados de um concurso vigente, a depender de aprovação pelo governo Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Colaboração para o UOL

19/07/2021 19h40Atualizada em 20/07/2021 20h23

A Caixa Econômica Federal anunciou hoje que vai contratar 10 mil funcionários, entre empregados e terceirizados. Serão 4.000 empregados, 5.200 estagiários e adolescentes aprendizes e cerca de 800 recepcionistas e vigilantes. O banco também informou que 268 novas unidades serão abertas até o fim do ano.

Das 10 mil vagas, 4.000 são para concursados. Dentre estas, 3.000 virão de um concurso já realizado, mas a contratação ainda depende de aprovação da Sest (Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais), segundo o banco.

Os outros 1.000 serão chamados de um novo concurso, específico para o público de pessoas com deficiência, cujo edital será lançado até setembro.

As vagas de estágio serão destinadas a candidatos que já foram aprovados em processo seletivo realizado pelo Ciee (Centro de Integração Empresa-Escola). A contratação de aprendizes ocorre por meio de parceria com entidades sem fins lucrativos, e a de vigilantes e recepcionistas, que ocorrerá em todo o território nacional, é feita por empresas terceirizadas.

Caixa anuncia 268 novas unidades

A Caixa Econômica Federal anunciou hoje a ampliação do plano de expansão do banco: serão abertas 268 novas unidades, sendo 168 de varejo e 100 especializadas no atendimento a clientes do agronegócio.

Deste modo, a instituição estará em todos os municípios do país com mais de 40 mil habitantes — ao todo, 258 cidades terão o atendimento bancário, sendo que 118 delas terão uma unidade da Caixa pela primeira vez. De acordo com o banco, 53 milhões de brasileiros serão beneficiados com a ação.