PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Novo Bolsa Família deve ter valor médio de R$ 283 e beneficiar 16 milhões

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

09/08/2021 13h09

O valor médio do Auxílio Brasil, programa social que substituirá o Bolsa Família, deve alcançar R$ 283,50, abaixo dos R$ 300 prometidos pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Após participar da cerimônia de entrega da proposta na Câmara dos Deputados, o ministro da Cidadania, João Roma, declarou que o reajuste, de pelo menos 50%, levará em conta o valor médio do Bolsa Família, que é de R$ 189. Conforme cálculos do UOL, ao aplicar essa correção detalhada pelo ministro, o valor do novo benefício chegaria a R$ 283,50.

O valor oficial do benefício deve ser definido por volta do final de setembro e a reestruturação do programa entra em vigor a partir de novembro, disse Roma.

O valor do novo programa, o presidente já comentou que deverá sofrer um reajuste de pelo menos 50% do valor do ticket médio atual desse programa [Bolsa Família]. Esse ticket médio corresponde a cerca de R$ 189 atualmente. Então isso deverá ser alcançado dentro do teto de gastos. Portanto, a área social anda em consonância com a área econômica
João Roma, ministro da Cidadania

Roma ainda afirmou o novo programa social do governo atenderá "acima" de 16 milhões de famílias beneficiárias. O Bolsa Família garante renda média para 14,6 milhões de famílias, afirmou o ministro da Cidadania. O programa social vai agora ser submetido ao congresso.

Novo programa deve começar a partir de novembro

O início do pagamento do Auxílio Brasil depende da aprovação do Congresso Nacional. Entretanto, o governo espera começar a pagar o novo benefício a partir de novembro, após o fim dos depósitos do auxílio emergencial em outubro.

A MP apresentada pelo governo não prevê o reajuste no valor do Auxílio Brasil. A previsão do novo valor deve ser definida em setembro, declarou Roma.