PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Bitcoin continua acima de US$ 60 mil e se aproxima de recorde histórico

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo, com Estadão Conteúdo

16/10/2021 11h21

O bitcoin opera em alta nesta manhã, perto da máxima histórica, em meio à euforia no mercado diante da expectativa pelo início das operações do primeiro ETF (fundo negociado em bolsa) da criptomoeda nos Estados Unidos.

Na madrugada deste sábado (16), a cotação chegou a bater US$ 62.232, segundo o site CoinMarketCap. Mais tarde, perto das 11h, a criptomoeda já havia cedido, mas continuava quase em US$ 61 mil. A expectativa de analistas é de que a cotação ultrapasse a marca de US$ 65 mil e renove o recorde histórico estabelecido neste ano. Na sexta-feira (15), a cotação passou dos US$ 60 mil pela primeira vez desde abril.

O otimismo entre operadores foi deflagrado por uma reportagem da Bloomberg que antecipou a iminência da autorização da Securities and Exchange Comission (SEC, a CVM americana) ao ETF de bitcoin, que seria o primeiro desse tipo negociado nos EUA.

Ontem à noite, a agência reguladora aceitou um prospecto da ProShares que prevê o lançamento do fundo de ETF ProShares Bitcoin Strategy já na próxima segunda-feira. O início das negociações, contudo, não deve ser imediato. A Valkyrie Funds também apresentou documento semelhante.

Para analistas, o sinal da verde da SEC deve impulsionar os preços do bitcoin, sobretudo se os fundos tiverem boa aceitação. O ativo descentralizado registrou forte alta nos cinco primeiro meses do ano, depois que empresas como a Tesla anunciaram intenção de aceitá-lo como meio de pagamento.

O rali, no entanto, foi interrompido em meio ao crescente cerco regulatório da China contra as criptomoedas. Nas últimas semanas, os ganhos foram retomadas na esteira da melhora no sentimento.

PUBLICIDADE