PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Brasil tem gasolina acima da média mundial; veja lugar com preço mais alto

Considerando que o valor médio do combustível no Brasil seja US$ 1,552, o país ocupa a 52ª posição do ranking entre os 169 lugares analisados - GETTY IMAGES
Considerando que o valor médio do combustível no Brasil seja US$ 1,552, o país ocupa a 52ª posição do ranking entre os 169 lugares analisados Imagem: GETTY IMAGES

Do UOL, em São Paulo

20/04/2022 17h20

O preço da gasolina no Brasil vem aumentando e está acima da média mundial. No entanto, o país está distante de ocupar o topo do ranking de lugares com a gasolina mais cara do mundo. De acordo com análise da Global Petrol Prices, a posição é ocupada por Hong Kong, um território autônomo da China.

Na região localizada no sudeste do país mais populoso do mundo, a gasolina custa em média US$ 2,874, o equivalente a R$ 13,29 na cotação do dólar comercial de hoje. No restante do país, a média de preço é de US$ 1,473.

Considerando que o valor médio do combustível no Brasil seja US$ 1,552, o país ocupa a 52ª posição do ranking entre os 169 lugares analisados.

Segundo as informações mais recentes da ANP (Agência Nacional de Petróleo), o valor médio da gasolina no Brasil é R$ 7,219, o que equivaleria a US$ 1,561 na cotação da moeda estrangeira de hoje. Essa diferença não altera a posição do país no ranking.

O Brasil é precedido pela Sérvia, com gasolina a US$ 1,603 e antecede as Ilhas Cayman, onde o preço médio é US$ 1,542.

De modo geral, os países mais ricos têm preços mais altos para o combustível, enquanto nos países mais pobres o valor da gasolina é mais baixo.

As exceções são os Estados Unidos, que apesar de serem desenvolvidos têm preços baixos, e a República Centro-Africana, que tem um dos piores IDHs (Índice de Desenvolvimento Humano) do mundo e ocupa o segundo lugar no ranking de países com a gasolina mais cara.

A análise da Global Petrol Prices considera dados fornecidos por órgãos oficiais dos países. Quando não há informações atualizadas, foram considerados dados antigos atualizados conforme a taxa de câmbio atual e as alterações do preço do petróleo em escala mundial.

Veja principais posições do ranking:

1º: Hong Kong (US$ 2,874)
2º: República Centro-Africana (US$ 2,470)
3º: Mônaco (US$ 2,440)
4º: Noruega (US$ 2,419)
5º: Zimbábue (US$ 2,353)
6º: Finlândia (US$ 2,309)
7º: Islândia (US$ 2,267)
8º: Países Baixos (US$ 2,249)
9º: Grécia (US$ 2,216)
10º: Israel (US$ 2,210)

52º: Brasil (US$ 1,552)

166º: Síria (US$ 0,316)
167º: Irã (US$ 0,051)
168º: Líbia (US$ 0,032)
169º: Venezuela (US$ 0,025)