Bolsas

Câmbio

BNDES pode não conseguir devolver R$ 130 bi ao governo em 2018, diz diretor

Por Rodrigo Viga Gaier

  • Rafael Andrade/Folhapress

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) não terá como devolver ao governo R$ 130 bilhões aguardados pelo governo federal em 2018 se tiver que repassar recursos ao PIS/Pasep e ao FAT (fundo de Amparo ao Trabalhador), disse à agência de notícias Reuters o diretor do banco Carlos Thadeu de Freitas.

Segundo ele, o banco tem a repassar esse ano cerca de R$ 70 bilhões ao FAT e ao PIS/Pasep. "A devolução ao FAT é uma decisão institucional e, no caso do PIS/Pasep, depende do volume de saques que até agora está baixo", disse ele à Reuters.

"Se tiver de devolver R$ 70 bilhões ao FAT e ao PIS/Pasep fica praticamente impossível devolver mais R$ 130 bilhões ao governo federal", complementou ele.

Nos governos do PT, o Tesouro injetou mais de R$ 500 bilhões no BNDES. Em 2016, o banco de fomento devolveu mais de R$ 100 bilhões e, no ano passado, cerca de R$ 50 bilhões.

Recente projeção do Banco Central apontou que a dívida do setor público pode chegar a perto de 80% do PIB, caso não ocorra a devolução de R$ 130 bilhões do BNDES em 2018. Com o pagamento integral, a relação seria de 78% do PIB.

Freitas afirmou que ainda é cedo para se afirmar que o banco vai conseguir atender a demanda do governo. Segundo ele, será preciso acompanhar de perto o ritmo da economia e como isso vai se refletir nos pedidos de empréstimos no banco.

"Em 2017, os desembolsos ficaram em cerca de R$ 75 bilhões. A expectativa para 2018 é de concessões de R$ 90 bilhões a R$ 100 bilhões. Ou seja, vamos precisar de mais dinheiro", disse.

Outra variável apontada por Thadeu são as condições de "funding", com o BNDES se esforçando para diversificar suas fontes de financiamento, inclusive com organismos multilaterais.

Uma decisão final só deve ser tomada no segundo semestre, disse Freitas.

O que o PIB tem a ver com a sua vida?

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos