PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Petrobras comunica interdição parcial da Replan após explosão

Denny Cesare/Código19/Estadão Conteúdo
Imagem: Denny Cesare/Código19/Estadão Conteúdo

José Roberto Gomes

27/08/2018 09h41

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras disse nesta segunda-feira que a reguladora ANP interditou parcialmente a refinaria de Paulínia (Replan) e que está providenciando documentos e informações necessárias para a "retomada segura" da operação nas unidades não impactadas por um incêndio ocorrido há uma semana, segundo comunicado.

A medida cautelar de interdição parcial da Replan foi anunciada ainda na sexta-feira pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. Foram mantidas liberadas as operações de utilidades, tancagem e entrega de produtos.

Leia também

"A Petrobras aguardará a desinterdição das instalações pela agência, mantendo a perspectiva de início do processo produtivo para os próximos dias, uma vez que já estava tomando medidas similares às solicitadas pela ANP", disse a empresa, reiterando "seu compromisso com a segurança operacional das suas instalações e de sua força de trabalho".

A interdição parcial se deu em virtude do incêndio ocorrido no dia 20 de agosto, que teve como origem uma explosão no tanque de uma das unidades de águas ácidas associada à unidade de craqueamento catalítico, impactando também uma das unidades de destilação atmosférica da refinaria.

Veja dicas para economizar combustível no seu carro

UOL Carros