Topo

Rendimentos dos Treasuries voltam a subir; investidores se preparam para o Fed

19/06/2019 12h12

Por Gertrude Chavez-Dreyfuss

NOVA YORK (Reuters) - Os rendimentos dos Treasuries avançavam nesta quarta-feira, acompanhando o mercado de títulos europeu, após fortes quedas no dia anterior, com os investidores reequilibrando as posições antes do comunicado de política monetária do Federal Reserve.

Os juros das notas de 10 anos dos Estados Unidos caíram para mínimas de setembro de 2017, enquanto os rendimentos dos títulos de 30 anos tocaram seu nível mais fraco desde outubro de 2016, após o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, sugerir mais estímulo caso a inflação da região não atinja sua meta.

"As pessoas estão ajustando suas posições antes do Fed nesta quarta-feira", disse Justin Lederer, analista de Treasuries da Cantor Fitzgerald. "Tudo pode mudar às 15h (horário de Brasília), quando o Fed anunciar sua decisão."

A expectativa é que o Comitê Federal de Mercado Aberto mantenha a taxa de juros inalterada, mas existe uma grande possibilidade de o banco central realizar um corte nos custos dos empréstimos em julho, disseram analistas.

"Com o G20 na próxima semana e com o que Trump disse ontem sobre a China, acho que o Fed será um pouco mais cauteloso para cortar os juros nesta quarta-feira, sabendo que pode haver algum progresso potencial com um acordo comercial", disse Lederer, da Cantor.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na terça-feira que conversou com o presidente chinês, Xi Jinping, e que as equipes dos dois líderes retomarão as negociações depois de uma longa pausa para se preparar para uma reunião na cúpula do G20 no final deste mês.

Os rendimentos dos Treasuries de 10 anos subia para 2,09%, enquanto os juros das notas de 30 anos avançava para 2,572%. Na ponta curta da curva, os títulos de 2 anos também mostravam ganhos, rendendo 1,896%.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia