PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Minério de ferro salta 4% na China com menores embarques do Brasil e Austrália

05/01/2021 08h09

Por Enrico Dela Cruz

MANILA (Reuters) - Os futuros do minério de ferro na China avançaram pela terceira sessão consecutiva nesta terça-feira e tocaram o maior nível em uma semana, em meio a preocupações sobre um aperto na oferta que pressionou os preços spot da matéria-prima do aço para acima de 160 dólares por tonelada.

O contrato mais negociado do minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian, para entrega em maio, encerrou as negociações diárias com alta de 4%, a 1.039 iuanes por tonelada, após ter chegado a tocar 1.043,50 iuanes mais cedo, o maior nível desde 29 de dezembro.

Na bolsa de Cingapura, o contrato mais ativo, para fevereiro, avançava 1,2%, a 163,09 dólares por tonelada, no meio da sessão.

Novos sinais de aperto na oferta de minério de ferro e um sentimento em geral positivo após os feriados de ano novo levaram os preços spot na China a 166 dólares por tonelada na segunda-feira, o maior nível desde 24 de dezembro, segundo a consultoria SteelHome.

Após subirem por duas semanas, os volumes de minério de ferro despachados de 19 portos e 16 empresas na Austrália e no Brasil-- maiores fornecedores da China, principal consumidor global-- recuaram entre 28 de dezembro e 3 de janeiro em mais de 1 milhão de toneladas, ou 4,3%, na comparação com a semana anterior, de acordo com a consultoria Mysteel.

Ao mesmo tempo, os estoques de minério de ferro nos portos chineses recuaram para 126,75 milhões de toneladas em 31 de dezembro, ou 4,1% abaixo do pico o ano passado, de 132,15 milhões de toneladas, atingido em 13 de novembro, segundo a SteelHome.

"Apesar de fundamentos bem equilibrados no mercado de minério de ferro, os preços têm reagido a embarques semanais relativamente menores da Austrália e do Brasil", disse o diretor da Navigate Commodities em Cingapura, Atilla Widnell.

No aço, o vergalhão para construção na bolsa de Xangai subiu 1,2%.