PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Guedes se reúne com ministra da Economia da Ucrânia e condena hostilidades

Ministro da Economia, Paulo Guedes, na cerimônia de lançamento de novas entregas do programa Renda e Oportunidade - Clauber Cleber Caetano/Presidência da República
Ministro da Economia, Paulo Guedes, na cerimônia de lançamento de novas entregas do programa Renda e Oportunidade Imagem: Clauber Cleber Caetano/Presidência da República

Bernardo Caram

23/05/2022 16h43

O ministro da Economia, Paulo Guedes, se reuniu nesta segunda-feira com a ministra da Economia da Ucrânia, Yulia Svyrydenko, e condenou hostilidades, de acordo com informação publicada pela pasta.

"Paulo Guedes reuniu-se com a ministra de Economia da Ucrânia, Yulia Svyrydenko, em Davos (Suíça). No encontro, o ministro reafirmou a condenação das hostilidades e o compromisso do Brasil com a retomada de negociações pacíficas", disse o ministério em publicação no Twitter, sem mencionar diretamente a Rússia.

De acordo com a pasta, Guedes destacou o papel do Brasil como parceiro internacional, além de reafirmar o compromisso do país em contribuir para segurança alimentar e energética do planeta.

Nos últimos meses, o Brasil foi cobrado por outros países do Ocidente a se posicionar contra a invasão da Rússia à Ucrânia. Dias antes do início do conflito, em fevereiro, o presidente Jair Bolsonaro foi alvo de críticas por fazer uma visita oficial a Moscou, onde se encontrou com o presidente russo Vladimir Putin.

Em abril, Guedes afirmou que o Brasil é contra a guerra, mas é contrário às sanções econômicas geradas pelo conflito, ressaltando que o país também se opõe a uma expulsão dos russos do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Dias antes, o ministro havia recebido uma carta do ministro das Finanças da Rússia, Anton Siluanov, que pediu apoio do governo brasileiro em organismos internacionais após sofrer sanções econômicas.