IPCA-15 desacelera a 0,15% em março, menor taxa para o mês desde 2009

A prévia da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15), desacelerou para 0,15% em março, após aumento de 0,54% um mês antes, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É a menor taxa para o mês desde 2009, quando o indicador subiu 0,11%, e é também o resultado mais baixo na série desde agosto de 2014 (0,14%). Em março de 2016, a taxa foi positiva em 0,43%.


A forte desaceleração do índice entre fevereiro e março foi provocada principalmente pelo fim do efeito do reajuste das mensalidades escolares. É no mês de fevereiro que o IBGE inclui no cálculo esses reajustes anuais, o que costuma pressionar o indicador no mês. Em março, a alta média dos preços no grupo educação foi de 0,87%, após avanço de 5,17% em fevereiro.


O resultado divulgado pelo IBGE veio igual à média de 0,15% estimada por 22 analistas ouvidos pelo Valor Data. No acumulado dos últimos 12 meses, o avanço do IPCA-15 desacelerou para 4,73%, ante 5,02% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores.


O grupo alimentos e bebidas, que representa cerca de 25% de todo o IPCA-15, teve deflação em março, de 0,08%, após queda de 0,07% um mês antes.


Ao todo, sete dos nove itens analisados no IPCA-15 tiveram taxas menores entre fevereiro e março, segundo o IBGE, como saúde e cuidados pessoais (0,84% para 0,48%) e despesas pessoais (0,37% para 0,30%), além de educação.


Com mudança de rumo, ficaramcomunicação (0,84% para -0,31%) e artigos de residência (de 0,34% para -0,30%). Transportes saíram de alta de 0,66% em fevereiro para queda de 0,16% em março, influenciado pelo recuo nos preços dos combustíveis (-1,34%), sendo que o litro da gasolina ficou 1,06% mais barato e o litro do etanol, em 2,69%. As passagens aéreas também caíram, 9,71%.







[module:valor_wysiwyg|src:sites/default/files/infograficos/Brasil/IPCA_15/IPCA_15_marco2017_845.html|width:100%|height:845]

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos