PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Todos a Bordo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Itapemirim muda datas e cancela voos a poucos dias da estreia

Itapemirim teve de readequar a malha de voos a poucos dias do seu voo inaugural, em junho de 2021 - Divulgação
Itapemirim teve de readequar a malha de voos a poucos dias do seu voo inaugural, em junho de 2021 Imagem: Divulgação

Por Alexandre Saconi

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/06/2021 10h30

A Itapemirim Transportes Aéreos tem o seu voo inaugural agendado para o dia 29 deste mês, ligando a rota entre São Paulo e Brasília. Entretanto, algumas mudanças ocorridas em suas rotas a poucos dias da estreia geraram cancelamentos de voos, causando a insatisfação de diversos clientes.

A empresa mudou datas e cancelou voos marcados para os próximos dias. Segundo a Itapemirim, isso "faz parte do processo" de início das operações (leia a nota da empresa no final desta reportagem).

Os voos do dia 30 de junho, por exemplo, não irão ocorrer, e parte da operação comercial terá início no dia 1º de julho. Com os cancelamentos e remarcações, diversos clientes registraram suas insatisfações com a companhia nas redes sociais desde a última semana. A empresa diz que está ajudando os passageiros.

No Instagram da empresa, quem se queixa da mudança recebe uma mensagem da Itapemirim em busca de tentar resolver o problema. A aérea vem entrando em contato com os seus consumidores afetados para que seja feita a remarcação para uma outra data disponível.

Ainda segundo a companhia, os passageiros que foram afetados, além da remarcação dos voos planejados, estão ganhando uma outra passagem de ida e volta de cortesia com validade de um ano. Quem estiver enfrentando algum problema ou se sentir lesado pode entrar em contato com a empresa por meio do telefone 0800 723 2121.

Veja como ficou a agenda dos voos inaugurais da Itapemirim:

29/06

  • Brasília (DF)
  • São Paulo (Aeroporto de Guarulhos - Cumbica)

1º/07

  • Belo Horizonte (Aeroporto de Confins)
  • Porto Alegre (RS)
  • Porto Seguro (BA)
  • Rio de Janeiro (Aeroporto do Galeão)
  • Salvador (BA)

03/07

  • Curitiba (PR)

1º/08

  • Florianópolis (SC)
  • Fortaleza (CE)
  • Maceió (AL)
  • Natal (RN)
  • Recife (PE)

1º/09

  • Vitória (ES)
  • São Luís (MA)
  • Aracaju (SE)
  • Goiânia (GO)
  • Ribeirão Preto (SP)

1º/10

  • Belém (PA)

1º/11

  • Manaus (AM)
  • Santarém (PA)

1º/12

  • Foz do Iguaçu (PR)

Outras já cancelaram também

No primeiro quadrimestre de 2021, a Gol precisou mudar datas de suas rotas diante do avanço da pandemia no Brasil. Com isso, vários voos que estavam agendados para o mês de abril tiveram de ser cancelados ou alterados.

Azul e Latam também haviam mudado datas nas rotas à época. Segundo dados da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) compilados e divulgados pela Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), até janeiro, o setor da aviação encontrava-se em recuperação.

No primeiro mês de 2021 foram realizadas 1.798 partidas diárias de voos, o que equivale a 74,9% do registrado antes da pandemia. Desde então, o volume de voos foi caindo até abril, chegando a 854 partidas diárias, retomando o crescimento apenas a partir de maio.

Leia a íntegra da nota da empresa:

"A Itapemirim Transportes Aéreos informa que fez uma readequação da malha para o mês de julho, o que exigiu o cancelamento de alguns voos. As mudanças fazem parte do processo estrutural para o lançamento da companhia aérea no mercado nacional.

Todas as bases e rotas foram mantidas, mantendo o compromisso da ITA em atender a oito destinos nacionais já em seu primeiro mês de operação. Todos os passageiros afetados pelas mudanças estão sendo assistidos de acordo com as regras da Anac.

A ITA reforça seu compromisso com a prestação de serviço de excelência aos seus clientes."