IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Todos a Bordo

REPORTAGEM

Quais são os aviões de Rússia e Ucrânia na guerra, e que armas eles têm?

Su-34 realiza exercício de disparo de mísseis - Divulgação/UAC
Su-34 realiza exercício de disparo de mísseis
Imagem: Divulgação/UAC

Alexandre Saconi

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/03/2022 04h00

A guerra entre Ucrânia e Rússia colocou no campo de batalha diversos modelos de aeronaves dos dois países. Algumas delas estão entre as mais modernas utilizadas no mundo.

O UOL separou abaixo uma lista com os principais aviões e helicópteros que tiveram sua participação verificada no conflito. A maioria possui poder de fogo pesado. Todas as informações foram fornecidas pelos fabricantes, e pode haver pequenas diferenças entre as variantes de cada modelo. Veja a seguir:

Su-27

Su-27 - Divulgação/UAC - Divulgação/UAC
Caça russo Su-27
Imagem: Divulgação/UAC

O Su-27 foi desenvolvido como resposta ao norte-americano F-15 no âmbito da Guerra Fria. O desenho de ambos é bem similar (incluindo a empenagem na cauda em formato de "H"), com dimensões bem próximas.

Seu comprimento é de 21,9 metros, com altura de 5,9 metros e envergadura (distância de ponta a ponta da asa) de 14,7 metros, podendo atingir 2,35 vezes a velocidade do som em voos em maiores altitudes. Sua autonomia de voo é de até 3.530 km de distância, e ele pode voar por até 4,5 horas (dependendo da velocidade) antes de precisar parar para reabastecer.

Ele possui dez pontos para acoplamento de armas, o que inclui mísseis e bombas, além de estar equipado com uma metralhadora.

Su-25

Su-25 - Divulgação/Alex Beltyukov/RuSpotters Team - Divulgação/Alex Beltyukov/RuSpotters Team
Sukhoi Su-25 pertencente à Força Aérea Russa
Imagem: Divulgação/Alex Beltyukov/RuSpotters Team

Esse avião começou a ser desenvolvido na década de 1960 para prestar apoio às tropas em solo. Quando está voando em baixas altitudes, sua velocidade máxima é de 950 km/h e autonomia de até 500 km.

Esse avião de ataque tem dois motores a jato e possui 15 metros de comprimento, 2 metros de altura e 14,5 metros de envergadura. Entre seus armamentos está um canhão embutido, além da possibilidade de ser equipado com lança-foguetes.

Ele pode levar até quatro toneladas de armamentos distribuídos em seus 11 suportes, entre eles, mísseis ar-ar, ar-terra e bombas. Também é possível acoplar sob o avião tanques extras de combustível ou compartimentos pequenos de carga.

MiG-29

MiG-29 - Divulgação/Pavel Novikov/RAC "MiG" - Divulgação/Pavel Novikov/RAC "MiG"
MiG-29, que tem centenas de unidades produzidas
Imagem: Divulgação/Pavel Novikov/RAC "MiG"

O MiG 29 começou a ser fabricado na década de 1980 pela Mikoyan-Gurevich, empresa que leva o nome de seus dois fundadores. Denominado Fulcrum pela Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), o caça é um dos principais modelos das forças armadas russas, e seu sucesso rendeu a exportação para diversos países mundo afora.

A versão mais recente do MiG-29K tem capacidade para até oito mísseis de curto alcance, além da metralhadora. Suas medidas são de 17,3 metros de comprimento, 12 metros de envergadura, 4,4 metros de altura e velocidade máxima de 2.200 km/h.

Mi-8

Mi-8 - Divulgação/Igor Bubin - Divulgação/Igor Bubin
Helicóptero Mi-8MT da Força Aérea da Ucrânia
Imagem: Divulgação/Igor Bubin

Desenvolvido pela Mil Moscow Helicopter, o Mi-8, ao lado de sua variante Mi-17, é um dos principais helicópteros fabricados na Rússia. Ele consegue atingir até 230 km/h e voar a uma distância de até 580 km sem precisar parar para reabastecer.

Ele foi criado, inicialmente, para ser um helicóptero de carga, podendo levar até quatro toneladas de materiais do lado de dentro ou por meio de um sistema de içamento externo. Na versão de transporte de tropas, ele pode levar até 36 passageiros, segundo a fabricante.

Há ainda a possibilidade de ele ser armado com lança-foguetes e metralhadora ou outras pequenas armas em um dos seus oito suportes para armamentos.

Ele ainda possui versões civis de transporte executivo, busca e salvamento, transporte hospitalar e combate a incêndio.

Ka-52 - Rússia

Ka-52  - Divulgação/Russian Helicopters - Divulgação/Russian Helicopters
Helicóptero Ka-52, usado na guerra na Ucrânia
Imagem: Divulgação/Russian Helicopters

O Ka-52, também chamado de Alligator, é um helicóptero de combate e reconhecimento com capacidade para dois tripulantes. Ele alcança distância de até 460 km e atinge a velocidade de 300 km/h.

Sua principal função é a de fornecer apoio às tropas em solo, contando com uma metralhadora e podendo ser equipado com mísseis e lança-foguetes.

Su-34 - Rússia

Su-34 - Divulgação/Alex Beltyukov - Divulgação/Alex Beltyukov
Sukhoi Su-34 da Força Aérea Russa
Imagem: Divulgação/Alex Beltyukov

Outro dos principais caças da Rússia tem diversos aspectos de seu projeto mantidos como sigilosos até hoje. Diferentemente de grande parte dos aviões de caça, essa aeronave multimissão possui dois assentos, um para o piloto e outro para o navegador/operador de armamentos.

Ele tem capacidade de ataque, bombardeio e caça, sendo um dos mais versáteis da Força Aérea Russa. Ele foi incorporado em 2014 e já conta com mais de cem unidades operacionais.

Ele tem 12 suportes para armamentos e pode levar até seis mísseis ar-ar ou ar-superfície (água ou terra), e tem capacidade para voar até 10 horas. Como em algumas missões ele precisa voar em baixas altitudes, ficando mais exposto ao ataque de inimigos, sua cabine de comando é blindada com titânio para a proteção dos tripulantes.

Bayraktar TB2 - Ucrânia

Bayraktar  - Divulgação/Baykar - Divulgação/Baykar
Drone Bayraktar TB2 de origem turca e que está a serviço das forças armadas da Ucrânia
Imagem: Divulgação/Baykar

O Bayraktar TB2 é um drone turco que está sendo utilizado pela Ucrânia para o abate de alvos russos em seu território. Ele consiste em uma aeronave não-tripulada de combate que pode voar a uma altitude de até 7,6 km, além de possuir uma longa autonomia, podendo ficar no ar por até 27 horas sem parar.

Ele tem envergadura de 12 metros, altura de 2,2 metros e comprimento de 6,5 metros, podendo atingir a velocidade de até 220 km/h. Ele é controlado de maneira remota por uma estação que pode ficar a até 300 km de distância.

O TB2 pode transportar uma carga de até 150 kg entre seus suportes, o suficiente para armamentos capazes de destruir um tanque.

Su-35 - Rússia

Su-35 - Divulgação/Pavel Vanka - Divulgação/Pavel Vanka
Su-35 durante exibição no ano de 2015
Imagem: Divulgação/Pavel Vanka

Considerado um dos mais avançados caças do mundo, o Su-35 tem um dos maiores poderes de fogo da Força Aérea Russa. Ele pode transportar até 12 mísseis de médio alcance, ou um total de oito toneladas em armamentos.

Uma de suas variantes possui cerca de 15 metros de envergadura, 21,9 metros de comprimento e 5,9 metros de altura. Derivado do Su-27, ele pode chegar a 2,25 vezes a velocidade do som.

Su-57

Su-57 - Dmitry Zherdin - Dmitry Zherdin
Caça de última geração Su-57, em desenvolvimento na Rússia
Imagem: Dmitry Zherdin

Ainda há relatos de que um Su-57 foi utilizado para bombardear uma ponte sobre o rio Teteriv, perto da região de Jitomir, mas, até a conclusão desta reportagem, a informação não havia sido confirmada.

Ele ainda está em desenvolvimento, e grande parte de suas informações são classificadas como sigilosas pelo fabricante.