IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

A Companhia

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Ação da operadora de saúde Hapvida caiu 51% em 2022, mas analista recomenda

Divulgação
Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/01/2023 11h00

Esta é a versão online da newsletter A Companhia enviada hoje (03). Quer receber antes o boletim e diretamente no seu email? Clique aqui. Os assinantes UOL ainda podem receber dez newsletters exclusivas toda semana.

O destaque da semana na newsletter A Companhia é a Hapvida, operadora de planos de saúde e odontológicos, selecionada por Pedro Serra, chefe de pesquisas da Ativa Investimentos.

Segundo ele, houve uma piora recente na conjuntura do setor, o que acabou afetando os papéis da empresa, mas seus fundamentos seguem positivos.

"A queda [das ações] foi excessiva, apresentando oportunidades para um investimento visando o longo prazo", diz o especialista.

Em 2022, os papéis da Hapvida (HAPV3) acumularam perda de 51%, conforme informações do TradeMap, hub independente do mercado financeiro. Em 2021, a variação foi negativa em 31,7%.

A companhia obteve lucro líquido de R$ 35,2 milhões no terceiro trimestre de 2022, com queda de 19,5% em relação a igual período de 2021.

Saiba mais sobre a Hapvida

Trata-se do maior grupo de saúde suplementar do país e um dos maiores do mundo em serviço verticalizado.

Fundada em 1979, inicialmente como uma clínica, a Hapvida tem como foco principal a venda de planos de saúde e odontológicos. Nos atendimentos médicos, a maior parte é feita em unidades próprias. No caso de dentistas, é por meio de rede credenciada.

Ao fim de setembro de 2022, a empresa contabilizava quase 16 milhões de beneficiários e 767 mil unidades próprias, incluindo hospitais, centros de pronto atendimento, clínicas e laboratórios.

Por que as ações da Hapvida são uma oportunidade para investir?

Serra comenta que o mercado de planos saúde no país é bastante fragmentado e com baixo alcance. Para se ter uma ideia, apenas 22,5% da população brasileira possui algum tipo de convênio médico, enquanto em países desenvolvidos, como os Estados Unidos, essa fatia passa de 90%.

Com rede exclusiva de atendimento, a Hapvida opera em um modelo de negócio verticalizado, participando de toda a cadeia do setor, o que lhe permite prestar assistência médica e odontológica com baixo custo, afirma o analista.

"Isso reduz significativamente sua sinistralidade [índice que mostra a relação entre as despesas assistenciais e as receitas], sendo uma das menores do mercado."

Pontos a favor

  • Fusão com a Notre Dame Intermédica permite expandir a oferta de serviços e promover a venda cruzada de planos de saúde corporativos;
  • Grupo tem potencial de elevar sinergias e reduzir custos;
  • Maior expectativa de vida no Brasil, em conjunto com envelhecimento da população, tende a elevar a demanda por saúde.

Pontos contra

  • Aumento do custo assistencial, derivado da frequência maior de utilização dos serviços de saúde após a pandemia;
  • Índice de sinistralidade no setor tem crescido bastante, superando a média histórica;
  • Alta dependência do cenário macroeconômico, cuja deterioração pode afetar o ritmo de acréscimo de clientes.

********

LEIA MAIS NA NEWSLETTER

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.