PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Econoweek

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Vale a pena abrir um negócio no Brasil?

César Esperandio

César Esperandio

César Esperandio é economista com ênfase em planejamento financeiro, com larga experiência no mercado financeiro. Já atuou em setores macroeconômicos de bancos e consultorias, além de ter passado por empresa de pesquisas de mercado. Hoje se dedica exclusivamente ao Econoweek, com foco em investimentos.

12/02/2021 04h00

Nunca houve tanta gente empolgada para abrir o próprio negócio. Mas será que vale a pena ou não abrir uma empresa no Brasil?

Nós do Econoweek somos fãs do empreendedorismo! Tanto que deixamos nossas carreiras no mercado financeiro para dar dedicação exclusiva a nossa empresa.

Mesmo assim, no vídeo acima entrevistamos diversas pessoas que gostariam de empreender no Brasil, sendo que algumas enxergam mais pontos positivos e outras, mais pontos negativos.

Agora, vamos apresentar as vantagens e as desvantagens de empreender no Brasil. Além de algumas poucas e boas práticas para ter sucesso no mundo dos negócios se você, assim como nós, também adora a ideia de ter mais liberdade e potencializar os ganhos.

Burocracia

O Brasil é conhecido por excesso de burocracia e processos desencontrados que dificultam a vida de quem quer empreender.

Na média nacional, leva-se dois meses para abrir uma empresa, nove para conseguir licenças e alvarás, e na cidade de São Paulo, por exemplo, são 529 dias para regularizar um imóvel corporativo. É muito tempo!

Há ainda outras burocracias desnecessárias quando a empresa já está funcionando, o que tira o foco do empresário para o que de fato importa, que é o dia a dia do negócio.

Nos últimos anos, os processos têm ficado mais simples, principalmente para pequenos e médios empresários, mas ainda há muito a melhorar.

Previsibilidade

Embora não seja preciso largar o emprego para empreender, quando essa hora chegar, há vários direitos do trabalhador com carteira assinada que o empresário não tem, como:

  • Rendimento fixo
  • Férias
  • Descanso remunerado
  • FGTS
  • Décimo terceiro salário

Desde que o empreendedor cumpra algumas exigências, ainda terá alguns direitos como auxílio-doença e aposentadoria. Mas a maior previsibilidade de receita terá ficado para trás.

Risco

Segundo o Sebrae, 24% das pequenas e médias empresas (PMEs) fecham antes de completarem dois anos de vida. Essa parcela chega a 50% nos primeiros quatro anos de funcionamento.

Motivos: além de tudo o que falamos, a falta de preparo em gestão é crucial. Mas a gestão financeira é uma das mais importantes.

Muitos ainda confundem as finanças pessoais com as da empresa, o que diminui muito a chance de o negócio ser bem-sucedido.

O primeiro passo para resolver isso é ter uma conta exclusiva para sua empresa. Há algumas iniciativas de bancos digitais dedicados às "pejotas" surgindo. Alguns com taxa zero para abrir e manter a conta aberta, nenhuma anuidade de cartão de crédito, nos quais você consegue testar a plataforma 100% digital sem a obrigação de transferir um valor inicial.

Multitasking

Ao empreender, inicialmente, você cuidará de tudo. Da gestão financeira, de pessoal, ao atendimento de cliente e qualidade do produto, e o que poderia ser interpretado como vantagem para alguns pode se transformar em desvantagem para outros.

Conforme a empresa cresce, você vai delegar muito mais, mas jamais deixará de ter uma visão global das tarefas.

Férias nunca mais?

Engana-se quem pensa que ser empresário é trabalhar a hora que quiser, sem dar satisfação a ninguém.

Quem empreende costuma trabalhar muito mais, assumindo riscos de o negócio dar errado, além da responsabilidade de pagar os salários do time em dia.

Segunda-feira é o melhor dia da semana

Ao empreender, o mérito das conquistas e a responsabilidade pelos fracassos são seus. E isso é ótimo!

Enquanto no emprego CLT você precisa dar mil satisfações, apresentar bons resultados o ano inteiro para tentar pleitear um aumento, no seu negócio o reconhecimento e os resultados são instantâneos.

No momento em que sua estratégia dá certo, você colhe os frutos imediatamente! Muita gente não vê a hora da segunda-feira chegar para retomar as atividades e botar a mão na massa!

Muitos chefes

Em um emprego tradicional costumamos ter um ou dois chefes. Ao empreender, você passará a ter tantos chefes quantos forem seus clientes.

Uma loja online provavelmente terá centenas ou milhares de clientes. No Econoweek, costumamos ter cerca de dez ao mesmo tempo.

Se um cliente é chato e não dá certo trabalhar com ele, tudo bem... Ainda temos outros que são legais e continuam nos pagando. É só não renovar o contrato com o "chatão".

E daí deriva outra enorme vantagem: os clientes veem você muito mais como par, não como subordinado, então os relacionamentos tendem a ser muito mais respeitosos e produtivos.

Flexibilidade

Apesar de trabalhar muito, seus horários são você quem faz.

Eu diria que essa é uma vantagem que atrai onze de dez potenciais empreendedores.

Propósito

Ao contrário de muitos funcionários insatisfeitos com o que fazem, empreender traz um sentido à vida que muita gente procura e acaba encontrando isso justamente ao tirar seu sustento de algo com muito mais significado do que as horas intermináveis produzindo relatórios ou outra atividade que não tenha tanto a ver com a pessoa.

Dicas que aumentam a chance de sucesso

Let's get back to basics. Quais são os principais pontos nos quais você deveria prestar mais atenção?

  • Separe contas pessoais das contas da empresa e mantenha uma reserva de emergência de um ano para ambas. Dessa maneira, você terá todo esse tempo de "contas pagas" caso enfrente uma maré não favorável.
  • Prepare-se com cursos de gestão oferecidos pelo Sebrae. Eles são gratuitos, online e oferecem certificados. Há cursos como:
  1. Como vender pela internet na crise do coronavírus
  2. Gestão financeira
  3. Marketing digital para o empreendedor
  4. Aprenda a planejar as estratégias do seu negócio
  5. Liderança: como desenvolver times de alta performance
  • Mantenha sua equipe motivada. Entenda que um negócio é feito por pessoas e para pessoas. Por isso, construir relacionamentos saudáveis é fundamental.

Você também é um empreendedor ou gostaria de abrir o próprio negócio? Conte nos comentários ou fale com a gente pelo nosso canal do YouTube e Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL