Bolsas

Câmbio

Dólar cai no dia, a R$ 4,023, com corte no Orçamento; na semana, sobe 0,83%

Do UOL, em São Paulo

dólar comercial fechou esta sexta-feira (19) em queda de 0,65%, cotado a R$ 4,023 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia subido 1,38%.

Apesar da baixa no dia, o dólar terminou a semana com alta acumulada de 0,83%. No mês, a moeda está praticamente estável, com leve queda de 0,04%. No ano, acumula valorização de 1,89%.

Corte no Orçamento

Nesta tarde, o governo anunciou um corte de R$ 23,4 bilhões no Orçamento deste ano. O Planalto também piorou a projeção para a economia: de queda de -1,9% para -2,9%.

Apesar do corte, investidores continuavam preocupados com a situação das contas públicas brasileiras, em meio a dúvidas sobre a capacidade do país de cumprir a meta fiscal do ano. Eles temem que o governo relaxe no corte de gastos e não faça o ajuste das contas que vem prometendo.

O pessimismo foi reforçado pelo novo rebaixamento da nota brasileira pela agência de classificação de risco Standard & Poor's, na quarta-feira. A agência foi a primeira a retirar o selo de bom pagador do Brasil, em setembro do ano passado.

Petróleo e inflação nos EUA

No mercado internacional, os preços do petróleo voltaram a cair, fazendo com que investidores evitassem colocar dinheiro em negócios de maior risco. 

O governo norte-americano divulgou nesta manhã que a inflação do país em janeiro ficou estável. No entanto, o núcleo da inflação, que exclui alimentos e energia, subiu 0,3%, a maior alta desde agosto de 2011.

A estabilização da economia nos Estados Unidos pode permitir que o Fed (Federal Reserve, banco central norte-americano) eleve os juros gradualmente ao longo deste ano. Juros mais altos atrairiam para os EUA recursos atualmente investidos em mercados de maior risco, caso do Brasil.

(Com Reuters)

 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos