Dólar sobe e fecha a R$ 3,296, com ação do BC e de olho em decisão no Japão

Do UOL, em São Paulo

dólar comercial fechou esta quinta-feira (28) com valorização de 0,78%, cotado a R$ 3,296 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia ficado praticamente estável, com leve alta de 0,02%

Com isso, o dólar acumula ganho de 2,59% no mês. No ano, no entanto, a moeda tem queda acumulada de 16,5%.

Estímulos no Japão

Investidores estavam cautelosos com o cenário internacional. Amanhã (29), o banco central japonês anuncia sua decisão sobre a taxa de juros no país e parte do mercado espera por um pacote de incentivo à economia local, o que pode ser positivo para países emergentes, como o Brasil.

"Tem sido uma semana mais tranquila em termos de notícia e a questão do Banco do Japão acabou monopolizando as atenções [nesta sessão]. Não tem por que arriscar muito agora, antes de um evento importante como esse", disse à agência de notícias Reuters o operador da corretora B&T Marcos Trabbold.

Dólar Ptax

No Brasil, os negócios tiveram influência da briga pela formação do dólar Ptax de julho, que será fechado no dia seguinte. A Ptax é uma taxa calculada pelo Banco Central que serve de referência para diversos contratos cambiais.

Operadores costumam disputar para movimentar essa taxa a níveis favoráveis a seus negócios nas últimas sessões do mês.

Atuação do BC

A cotação do dólar também foi influenciada pela atuação do Banco Central no mercado de câmbio. 

Nesta sessão, foi vendida a oferta total de 10 mil contratos de swap cambial reverso, que equivalem à compra futura de dólares. O BC tem feito esse tipo de intervenção em praticamente todas as sessões no mês de julho. 

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos