Dólar cai 0,5% e fecha a R$ 3,261, à espera de juros nos EUA

Do UOL, em São Paulo

dólar comercial fechou esta terça-feira (20) em queda de 0,53%, a R$ 3,261 na venda. 

Com isso, o dólar acumula queda de 0,21% na semana. No mês, tem alta de 0,98% e, no ano, desvalorização de 17,4%. 

Na véspera, a moeda norte-americana tinha subido 0,32%.

Juros nos EUA

Os investidores continuavam à espera da reunião do Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano), na quarta-feira (21). A expectativa é de que o Fed mantenha a taxa de juros.

Mas os mercados globais esperam sinalizações de quando essa alta deve ocorrer; muitas apostas são de que ela virá ainda este ano.

Juros mais altos nos EUA poderiam atrair para lá recursos atualmente investidos em outros países onde o rendimento é maior, como é o caso do Brasil.

Em relação ao BC do Japão, que também se reúne nesta semana, a expectativa é de que corte ainda mais sua taxa de juros negativa e aumente seu programa estímulos econômicos.

Entrada de dólares no Brasil

Diante da expectativa de manutenção de juros nos EUA, havia entrada de dólares aqui no Brasil. Com a oferta maior da moeda, o preço tende a cair.

"Temos visto fluxo de fundos estrangeiros, já que a perspectiva de não haver aumento de juros nos EUA e corte de taxa pelo banco central japonês deixa o mundo mais líquido, com investidores atrás de retornos mais atrativos", comentou o diretor de uma corretora à agência de notícias Reuters.

O Brasil, assim como outras economias emergentes, oferece rendimentos mais elevados aos investidores. A taxa básica de juros do país está em 14,25% há mais de um ano, uma das mais elevadas do mundo.

Atuação do BC brasileiro

O Banco Central atuou no mercado de câmbio nesta terça-feira. Como nas últimas sessões, o BC ofertou 5.000 contratos de swap cambial reverso (equivalentes à compra futura de dólares). Todos foram vendidos.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos