Bolsas

Câmbio

Dólar fecha em queda de 0,5%, a R$ 3,231, após relatório de inflação

Do UOL, em São Paulo

dólar comercial fechou esta terça-feira (27) em queda de 0,5%, a R$ 3,231 na venda. 

Na véspera, a moeda havia terminado o dia praticamente estável. 

No mês, o dólar está quase estável, com leve alta de 0,05%. No ano, acumula baixa de 18,16%.  

Relatório de inflação

O Relatório Trimestral de Inflação divulgado nesta terça-feira influenciou a queda do dólar. O BC calcula que a economia brasileira irá encolher 3,3% e a inflação chegará a 7,3% neste ano. 

Para o ano que vem, a projeção é de que a inflação chegue a 4,4%. O objetivo do governo em 2017 é manter a inflação em 4,5% ao ano, mas com tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. 

"O Relatório de Inflação, ao colocar a inflação dentro da meta, mostra que as condições estão melhores", afirmou à agência Reuters o analista de câmbio da Gradual Investimentos Marcos Jamelli.

O documento reforçou as apostas de que o Banco Central pode fazer um corte na taxa básica de juros já no encontro de outubro. Mesmo reduzindo a taxa básica do país, atualmente em 14,25% ao ano, o Brasil seguirá atrativo ao investidor estrangeiro, segundo analistas.

"Além disso, a Turquia foi rebaixada pela [agência de classificação de risco] Moody's e muitos investidores podem trocar de país, saindo de lá e vindo para cá", disse Pablo Spyer, diretor de operações da corretora Mirae Asset, à Reuters.

Atuação do BC

O Banco Central brasileiro atuou no mercado de câmbio nesta terça-feira. Como nas últimas sessões, o BC ofertou 5.000 contratos de swap cambial reverso (equivalentes à compra futura de dólares). Todos foram vendidos.

Cenário externo

A sessão foi influenciada também pelo debate da véspera entre os candidatos à Presidência dos Estados Unidos. Pesquisa da emissora CNN após o confronto apontou que a democrata Hillary Clinton se saiu melhor para 62% das pessoas consultadas, e 27% consideraram que o rival republicano Donald Trump foi o melhor no debate. 

"O resultado do debate é a principal justificativa para o dólar estar caindo ante o real hoje, mas o Relatório de Inflação também contribuiu", comentou Spyer, mais cedo.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos