Bolsas

Câmbio

Bolsa tem maior queda em 10 meses, de 3,9%, com incerteza política e bancos

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quinta-feira (1º) em queda de 3,88%, a 59.506,54 pontos. É a maior queda percentual diária desde 2 de fevereiro deste ano, quando a Bolsa havia tombado 4,87%.

Com isso, a Bolsa acumula baixa de 3,33% na semana. No ano, porém, tem valorização de 37,27%. A Bovespa fechou novembro com baixa acumulada de 4,65%.

Puxaram o resultado da Bolsa hoje os desempenhos negativos das ações dos bancos Bradesco, Banco do Brasil e Itaú Unibanco. Só os papéis do BB caíram mais de 6%.

Investidores estavam preocupados com incertezas na política brasileira (leia mais abaixo) e com os bancos. Mais cedo, a Polícia Federal deflagrou a oitava fase da operação Zelotes, com buscas em prédios do banco Itaú Unibanco. As buscas estão relacionadas a processos do BankBoston, que pertencia ao Bank of America e foi comprado pelo Itaú em 2006.

As ações da Petrobras e os papéis preferenciais (com prioridade na distribuição de dividendos) da mineradora Vale também tiveram baixa. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Só três ações do Ibovespa tiveram resultado positivo: a da Embraer (EMBR3), da Fibria (FIBR3) e a ação ordinária da Vale (VALE3).

Dólar salta 2,4% e fecha a R$ 3,468

No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou em alta de 2,4%, a R$ 3,468 na venda. É o maior valor de fechamento desde 16 de junho deste ano, quando o dólar havia fechado a R$ 3,47.

Com isso, a moeda norte-americana acumula alta de 1,61% na semana. No ano, tem queda de 12,15%. A moeda fechou novembro com valorização de 6,18%, o maior ganho mensal desde setembro de 2015.

Incerteza política no Brasil

Investidores estavam preocupados com a política brasileira. "O cenário político está conturbado, o que pressiona a moeda (norte-americana)", disse o operador da Advanced Corretora, Alessandro Faganello, à agência de notícias Reuters.

Ele se referia à tentativa frustrada do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), de aprovar urgência para votar o texto das dez medidas anticorrupção e que foram alvos de críticas pelo Ministério Público.

Renan está sendo julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira, por crime de falsidade ideológica, uso de documento falso e peculato.

A situação política mais sensível preocupa os investidores porque pode atrapalhar a votação de importantes medidas econômicas no Congresso Nacional.

Bancos despencam

As açõesdo Banco do Brasil (BBAS3) desabaram 6,6%, a R$ 26,62.

As ações do Bradesco (BBDC4) perderam 5,58%, a R$ 28,09, e as ações do Itaú Unibanco (ITUB4) se desvalorizaram 4,57%, a R$ 33,80.

Petrobras

As ações ordinárias da Petrobras (PETR3), com direito a voto em assembleia, caíram 1,41%, a R$ 18,21.

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4), que dão prioridade na distribuição de dividendos, registraram desvalorização de 3,5%, a R$ 15,44.

A produção de petróleo do Brasil em outubro somou cerca de 2,624 milhões de barris por dia, informou nesta quinta-feira a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o que representa alta de 9% na comparação anual, mas queda de 1,8% em relação a setembro.

Vale

As ações ordinárias da Vale (VALE3) subiram 1,46%, a R$ 28,47, em sessão marcada pela alta nos preços do minério de ferro na China, após duas quedas seguidas. Já as ações preferenciais da Vale (VALE5) perderam 0,98%, a R$ 25,30.

Natura

As ações da Natura (NATU3) tiveram desvalorização de 11,76%, a R$ 23,12, maior queda do Ibovespa no dia.

Bolsas internacionais

As principais Bolsas de Valores da Europa fecharam em queda, com exceção da Itália:

  • Alemanha: -1%
  • Inglaterra: -0,45%
  • Portugal: -0,42%
  • França: -0,39%
  • Espanha: -0,22%
  • Itália: +0,99%

As principais Bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam em alta:

  • Japão: +1,12%
  • Austrália: +1,1%
  • China: +0,74%
  • Cingapura: +0,81%
  • Hong Kong: +0,39%
  • Taiwan: +0,25%
  • Coreia do Sul: +0,01%

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos