Dólar sobe 0,2% e fecha a R$ 3,219, com cautela antes da posse de Trump

Do UOL, em São Paulo

O dólar comercial fechou esta quarta-feira (18) em alta de 0,2%, a R$ 3,219 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia fechado com queda de 0,81%.

A sessão foi marcada pela expectativa em torno da posse do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, e por nova atuação do Banco Central no mercado de câmbio.

Posse de Trump nos EUA

Investidores estavam mais cautelosos conforme se aproxima a posse de Donald Trump como Presidente dos Estados Unidos, marcada para a próxima sexta-feira (20).

De modo geral, a preocupação é de que a política econômica adotada por Trump impulsione a inflação e obrigue o Fed (Federal Reserve, banco central norte-americano) a elevar ainda mais os juros no país.

Com juros mais altos nos EUA, recursos atualmente aplicados em outros países, como o Brasil, poderiam ser atraídos para lá. Com isso, a tendência seria de alta do dólar por aqui.

Os investidores também estavam à espera do discurso da presidente do Fed (Federal Reserve, banco central dos EUA), Janet Yellen, após o fechamento dos mercados. Ela pode dar novos sinais sobre os rumos das taxas de juros no país durante o governo Trump.

Atuação do BC

No Brasil, o Banco Central voltou a atuar no mercado de câmbio nessa sessão, o que limitou a alta do dólar na sessão. O BC ofertou 12 mil contratos de swaps tradicionais (equivalentes à venda futura de dólares) pela manhã. Todos foram vendidos.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos