Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha em queda pelo 4º dia seguido; Petrobras e Ambev caem mais de 1%

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta terça-feira (26) em queda de 0,17%, a 74.318,72 pontos. É a quarta baixa seguida. Na véspera, a Bolsa caiu 1,26%. 

A sessão foi influenciada, principalmente, pelo desempenho negativo dos papéis da Petrobras (-1,77%), da Ambev (-1,49%) e do Bradesco (-0,11%). Já as ações da mineradora Vale (+1,32%) e dos bancos Itaú Unibanco (+0,19%) e Banco do Brasil (+0,57%) terminaram em alta. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Dólar fecha em alta, a R$ 3,167

dólar comercial fechou em alta de 0,29%, cotado a R$ 3,167 na venda. É a segunda alta seguida da moeda, que subiu 0,95% na véspera, e o maior valor desde 22 de agosto (R$ 3,181). 

No Brasil, os investidores monitoravam o cenário político, com a leitura da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer no plenário da Câmara dos Deputados. A nova denúncia contra Temer o acusa de liderar uma organização criminosa e de obstrução de Justiça. O mercado acompanha como isso influenciará o andamento da reforma da Previdência.

No exterior, a presidente do banco central norte-americano, Janet Yellen, reforçou a possibilidade de mais uma alta nos juros do país neste ano. Juros mais elevados tendem a atrair aos Estados Unidos recursos hoje aplicados em outras economias, como a brasileira. As tensões geopolíticas também permanecem no radar, com os EUA afirmando que seguem com os esforços diplomáticos para lidar com a crise com os norte-coreanos.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos