PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Cotações

Bolsa fecha em queda de 1,55%; MRV tomba 5,85% e Braskem salta 12%

Do UOL, em São Paulo

30/10/2017 18h25

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta segunda-feira (30) em queda de 1,55%, a 74.800,34 pontos. É a maior desvalorização percentual diária em quatro meses (em 20 de junho caiu 2,01%). Na sexta-feira (27), a Bolsa subiu 0,1%.

O dia foi de queda para a maioria das ações listadas no Ibovespa. Dos 59 papéis que compõem o índice, apenas três tiveram alta e um fechou estável. Entre as maiores baixas ficaram a construtora MRV (-5,85%) e a siderúrgica CSN (-5,63%).

As ações do Banco do Brasil (-3,53%), do Bradesco (-1,79%), do Itaú Unibanco (-1,28%), da Petrobras (-1,47%) e da mineradora Vale (-0,61%) fecharam em queda. Essas empresas têm grande peso sobre o índice.

No lado positivo, os papéis da Braskem saltaram 11,96%, após o "The Wall Street Journal" publicar que o grupo holandês Lyondellbasell fez uma aproximação para compra da petroquímica brasileira. As negociações estariam em estágio inicial e não há garantia de que um acordo será alcançado, segundo o jornal.

Dólar sobe 1,18%, a R$ 3,282

dólar comercial fechou em alta de 1,18%, cotado a R$ 3,282 na venda. Na sexta-feira (27), a moeda norte-americana caiu 1,24%, a maior desvalorização diária desde 12 de julho (-1,4%).

(Com Reuters)

Cotações