IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Cotações


Bolsa fecha no maior nível em mais de 2 semanas; dólar sobe a R$ 4,035

Do UOL, em São Paulo

27/05/2019 17h08Atualizada em 27/05/2019 17h28

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 1,32%, a 94.864,25 pontos, após três quedas seguidas. É a maior pontuação de fechamento em mais de duas semanas, desde 8 de maio (95.596,61 pontos).

O dólar comercial terminou o dia em alta de 0,48%, cotado a R$ 4,035 na venda. O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para turistas, o valor sempre é maior.

Pagamento de negócios com ações fica mais rápido

A Bolsa de Valores (B3) reduziu de três para dois dias úteis o prazo para liquidação de operações com ações e outros produtos de renda variável negociados no mercado à vista.

A mudança visa dar maior liquidez ao mercado. O investidor que vendeu ações na hoje, por exemplo, terá acesso ao dinheiro já na quarta-feira, e não mais na quinta-feira. Na prática, ele ganhará um dia para sacar o dinheiro ou reinvestir em outros produtos.

A mesma lógica vale para quem comprar ações: o pagamento terá que ser feito em dois dias úteis (D+2, no jargão de mercado), prazo mais curto do que o atual, de três dias úteis (D+3).

Mercado repercute atos pró-governo

Participantes do mercado monitoram o cenário político local após manifestações ao redor do país em defesa do presidente Jair Bolsonaro. Há certa cautela entre investidores pelo fato de os manifestantes terem investido contra o Congresso Nacional e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em um momento em que parlamentares se mostram dispostos a avançar com a pauta econômica proposta pelo governo.

As manifestações, que foram repercutidas por membros do governo, incluindo o próprio presidente, podem sair como um tiro no pé, causando irritação ao Congresso em meio a uma já fragilizada relação entre Executivo e Legislativo.

"O fato de Bolsonaro ter abandonado a tentativa de se distanciar das manifestações -- publicando tuítes e mensagens ao longo de todo o domingo -- fornece ingrediente para que os já insatisfeitos no Congresso reforcem o clima de animosidade com o Executivo", avaliaram analistas e economistas da XP Investimentos, em nota.

Eleições para o parlamento europeu

No exterior, a sessão teve volume reduzido em razão de feriados no Reino Unido e nos Estados Unidos, com as atenções voltadas para as eleições parlamentares da União Europeia.

Enquanto houve um aumento dos partidos nacionalistas dentro do Parlamento Europeu, siglas pró-UE permaneceram com a maioria das cadeiras, sem nenhuma mudança relevante no equilíbrio das forças.

Investidores avaliavam que um crescimento da presença de partidos nacionalistas e eurocéticos dentro do Parlamento Europeu elevaria as incertezas econômicas na região, já abalada pelas tensões ligadas ao Brexit.

Atuação do BC

O BC vendeu nesta sessão todos os 5.050 contratos de swap cambial tradicional ofertados em rolagem do vencimento julho. No mês, o BC já rolou US$ 4,545 bilhões, de um total de US$ 10,089 bilhões a expirar em julho. O estoque de swaps do BC no mercado é de US$ 68,863 bilhões.

(Com Reuters)

Entenda como funciona o câmbio do dólar

UOL Notícias

Cotações