Bolsas

Câmbio

Fechou 37 lojas, enfrentou incêndio e fatura R$ 1,8 mi com site de cartucho

Márcia Rodrigues

Colaboração para o UOL, em São Paulo

Quando trabalhava na corretora de seguros do pai, aos 16 anos, Bruno de Oliveira, começou a observar o movimento em uma loja de recarga de cartucho para impressoras, que ficava no mesmo andar. O estabelecimento vivia lotado e o serviço não parecia difícil, conta Oliveira, hoje com 32 anos.

Em julho de 2005, aos 20, o empresário resolveu abandonar o negócio do pai e abrir a sua primeira loja da Cartucho Etc, no Rio de Janeiro. Sem dinheiro para começar o negócio, ele tirou o pouco que tinha na poupança, usou o limite do cartão de crédito e do cheque especial, e levantou R$ 3.000. Com isso, começou a empreender com dívidas, o que não é recomendado por especialistas.

"O dinheiro foi usado para comprar os equipamentos para fazer a recarga, insumos, depósito do aluguel etc. Em pouco tempo eu consegui recuperar o que investi, paguei as dívidas e comecei a expandir o negócio", conta. Ao todo, a rede chegou a ter 37 unidades (a última foi aberta em 2012), além de vender produtos pelo site.

Porém, em 2013, o negócio passou por uma grande crise, teve um prejuízo de R$ 2 milhões e quase fechou as portas. Mas o empresário conseguiu dar a volta por cima. No ano passado, faturou R$ 1,8 milhão e espera fechar 2017 com faturamento de cerca de R$ 3 milhões. O lucro não foi revelado.

Desvio de dinheiro e incêndio

Antes da crise, Oliveira diz que, apesar de o movimento nas suas lojas ser grande, o negócio não gerava lucro. Por isso, ele decidiu contratar uma empresa de auditoria para verificar o que vinha sendo feito de errado. Foi quando descobriu que alguns funcionários estavam desviando dinheiro.

Em 2013, ele teve de fechar as 37 lojas físicas e demitir todos os funcionários. O negócio passou, então, a concentrar as vendas exclusivamente pela internet, e Oliveira ganhou dois sócios, Wellington Moura, 47, e Lucilene Matias, 38, na tentativa de salvar a empresa.

Outra dificuldade apareceu no caminho. Um incêndio destruiu a sala que abrigava a sede do site e onde mantinha todo o seu estoque. 

"Perdemos tudo e quase fechamos as portas. Operamos no vermelho até 2015, quando eu resolvi reestruturar o negócio como última tentativa antes de encerrar as atividades de vez. Passamos a vender, além dos insumos para a recarga e cartuchos, impressoras, prensas, entre outros. A ideia era oferecer a maior gama de produtos possível para o consumidor."

A aposta deu certo, segundo ele. Em apenas três meses, conseguiram colocar as contas em dia e começaram a crescer.

Produto mais barato custa R$ 4,90

O empresário diz que, atualmente, o site vende cerca de 800 modelos de cartuchos. Há opções que custam de R$ 4,90 a R$ 50. A loja virtual também vende:

  • kit para recarregar cartucho (com tintas de todas as cores, líquido para desentupir o cartucho, seringas, agulhas e um par de luvas) - Preço de R$ 44,90 a R$ 79,90;
  • Impressoras - preço varia entre R$ 567 e R$ 997;
  • Prensa para fazer personalização de produtos - R$ 2.500 (produto mais caro do site).

O empresário diz que vende para todo o país e que os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais concentram a maioria das vendas.

Produto atrai clientes em época de crise

Beatriz Micheletto, consultora do Sebrae-SP (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo), diz que, principalmente em períodos de crise, as micro e pequenas empresas procuram economizar, e a recarga de cartuchos é uma das soluções que encontram para diminuir os seus gastos.

A especialista afirma também que a troca da loja física pelo site é um ponto positivo para o negócio. "Esse tipo de produto tem excelente aderência para vendas online. Ter loja física requer muito planejamento nesse momento, avaliar bem os custos fixos e a localização."

Micheletto diz que o empresário que deseja investir nesta área precisa fazer um bom planejamento de marketing, ter bons fornecedores e investir em divulgação.

"Conhecer o mercado, ter afinidade com os produtos e montar estratégias de serviços, produtos, distribuição, preço e comunicação também são essenciais. Olhar os concorrentes e conhecer suas boas práticas também faz parte dessa avaliação de viabilidade do negócio."

Onde encontrar:

Cartucho Etc - https://www.cartuchoetc.com.br/

Aprenda a usar impressoras diretamente do seu celular; sim, é possível

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos