PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Volks em São Carlos (SP) aprova corte de salários e jornada de trabalho

Do UOL, em São Paulo

28/09/2015 14h57

Os trabalhadores da fábrica da Volkswagen em São Carlos, a 232 km de São Paulo, aprovaram em assembleia no último domingo (27) a adesão ao PPE (Programa de Proteção ao Emprego). A montadora confirmou o acordo com o sindicato e disse que vai levar ao governo o pedido de inclusão no programa.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Região, a jornada de trabalho e o salário de todos os funcionários da fábrica serão reduzidos em 20%, mas a perda salarial será de 10%, porque o governo paga metade da redução. O PPE terá duração de seis meses, podendo ser prorrogado por mais seis.

A fábrica da Volks em São Carlos produz motores.

Montadoras aderem ao PPE

O programa foi criado pelo governo como forma de evitar demissões em setores da economia que estão em crise. Ele permite que as empresas reduzam temporariamente a jornada de trabalho e o salário dos funcionários em até 30%.

Os funcionários não poderão ser demitidos durante o período que valer o PPE, e por mais um terço desse tempo, depois que o plano acabar.

Entre as empresas que já aprovaram o PPE, estão a Mercedes-Benz, a Ford e a própria Volkswagen, as três em suas fábricas no ABC paulista.

PUBLICIDADE