ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Finanças pessoais

17 dicas para viajar nas férias sem estourar o orçamento da família

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Sophia Camargo

Do UOL, em São Paulo

21/12/2014 06h00

Esperar uma semana para viajar, trocar o destino da viagem e planejar os gastos com antecedência são medidas que podem fazer a diferença entre férias com e sem dinheiro no bolso.

"As viagens mais caras são no Réveillon, Carnaval e Natal. Se a pessoa aguarda para viajar uma semana após o Réveillon para um resort no Nordeste, por exemplo, ela paga cerca de 50% a menos", diz Leonel Rossi Júnior, vice-presidente de Relações Internacionais da Abav (Associação Brasileira de Agências de Viagens).

Pesquisar preços pela internet e comprar pacotes prontos também é uma maneira de economizar, mas aí é preciso cuidado para não deixar que o barato saia caro.

Um exemplo, segundo Cristina Courty, agente de viagens da Terrazul Turismo, são anúncios de passagens aéreas muito baratas. "Mas o preço final é bem mais caro, pois embutem as taxas e outras cobranças. E, se o cliente não puder mais viajar por algum motivo, ele acaba perdendo o que pagou", diz.

17 maneiras de não estourar o orçamento na viagem

  • Getty Images/Creatas RF

    Planeje a viagem com antecedência

    O preço de passagens e hotéis fica mais baixo se a aquisição for feita antecipadamente. Além disso, o planejamento permite que a pessoa poupe o valor a ser gasto e escolha se deseja pagar à vista e obter desconto, ou pagar aos poucos para não acumular todos os gastos

  • Getty Images

    Cuidado com as datas

    Viajar em épocas como Réveillon ou Carnaval representa um gasto muito maior do que fazer a viagem apenas uma semana depois, por exemplo. Repense a possibilidade ou compre com antecedência

  • Getty Images

    Viajar para o exterior é mais caro?

    Nem sempre. Dependendo da cotação do dólar, a viagem dentro do Brasil é mais cara do que para o exterior. Pesquise sempre as diversas opções

  • Getty Images

    Promoções de última hora

    Voos e hotéis com ocupação menor do que a esperada podem resultar em promoções de última hora. Verifique com o agente de viagens ou pesquise na internet

  • Getty Images

    Fique atento ao preço

    Pesquise o preço das passagens nos sites das empresas de transporte aéreo e terrestre e agências de turismo. Horários alternativos, como a madrugada, geralmente têm descontos. No caso de passagem aérea, verifique se já estão incluídas as taxas de embarque

  • Divulgação

    Pacotes saem mais em conta

    As agências negociam passagens e quartos com antecedência e conseguem oferecer produtos mais em conta. Verifique as ofertas de várias agências e também as condições de pagamento

  • Divulgação

    No hotel é mais caro

    Evite consumir produtos do frigobar ou comer no restaurante do hotel quando a comida não está inclusa. Normalmente os preços são bem mais altos

  • Rafael Mosna/UOL

    Verifique os serviços do hotel

    Informe-se sobre os preços, segurança e formas de traslados disponíveis no destino. Vários hotéis disponibilizam opções de transporte gratuito para restaurantes e pontos turísticos da cidade.

  • Ayrton Vignola/Folha Imagem

    Se der, vá de carro

    Faça as contas e veja se é ou não vantajoso viajar de carro. Se a distância for curta e o carro estiver com a capacidade máxima e segura de pessoas, pode valer mais a pena do que ir de ônibus ou avião

  • Julio Tavares/Divulgação

    Programe as despesas da viagem

    Use a Internet para pesquisar preços de refeições, transporte, passeios (shows e parques, entre outros). Em algumas cidades, há museus que oferecem entrada gratuita em um dia determinado na semana. Procure os escritórios de turismo na internet que fornecem esse tipo de informação

  • Getty Images

    Concentre pontos de programas

    Periodicamente concentre pontos de cartão de crédito e cartões fidelidade. Dessa forma é mais fácil juntar os pontos necessários para trocar por passagens ou pacotes

  • Getty Images

    Atenção ao excesso de bagagem

    "Voar um trecho nacional e um trecho internacional de forma separada pode resultar em pagamento de taxa por excesso de bagagem. Ao comprar o trecho interno junto com o bilhete internacional, a franquia passa a ser internacional", diz Cristina Courty. Respeite o limite de peso para não ter de pagar a taxa

  • Divulgação

    Verifique os serviços das companhias

    Há companhias aéreas que oferecem hotel e traslado em caso de conexões com mais de 12 horas de duração. Outras também permitem o upgrade da passagem na hora, pagando uma pequena taxa, caso o voo esteja vazio

  • Reprodução/SXC

    Muitos destinos, muita economia?

    Querer conhecer muitos lugares de uma vez não representa necessariamente uma economia. "Às vezes é apenas uma maneira de viajar mal", diz Leonel Rossi. Programe a viagem de modo a conhecer um pouco de cada lugar e não passar os dias dentro de um transporte

  • Eduardo Vessoni/UOL

    Compre onde os locais o fazem

    Os lugares turísticos costumam ter preços bem mais caros. Para comprar lembrancinhas ou comer, prefira ir aos lugares onde as pessoas da região frequentam

  • Marcelo Justo/Folhapress

    Cuidado com parcelamentos

    Cuidado com longos parcelamentos para não comprometer ainda mais a renda. O início do ano concentra muitos impostos e contas extras, como IPVA, IPTU, despesas com escola e férias

  • Thinkstock

    Deixe tudo por escrito

    Guarde todas as ofertas, panfletos, páginas de internet e tudo o que foi acordado por escrito no contrato. Se precisar reclamar ou ser ressarcido, as provas facilitam

Mais Finanças pessoais