Bolsas

Câmbio

Comprou Fusca juntando moedas dos 7 aos 10 anos e agora ensina a poupar

Natalia Gómez

Colaboração para o UOL, em Maringá (PR)

  • Acervo pessoal

Guardar dinheiro é desafiador para muita gente grande, mas o estudante Thiago Morales Berce, de apenas 14 anos, tem provado que fazer economia é possível independentemente da idade.

Quando tinha apenas sete anos, o menino começou a juntar moedas que sobravam das compras da família e, três anos depois, conseguiu comprar um Fusca com as economias. A história ganhou visibilidade nacional, e hoje o jovem poupador dá palestras por todo o Brasil para inspirar jovens e adultos sobre o poder do planejamento financeiro.

Leia também:

A ideia de juntar moedas veio do pai, que começou a trabalhar muito cedo e conseguiu comprar um Fusca aos 13 anos. "Quando meu pai contou essa história, fiquei muito motivado e decidi comprar um Fusca também. Sempre que sobrava um troco eu guardava em um cofrinho", disse Thiago.

Apesar de ser jovem demais para dirigir, o estudante sonhava com o Fusca porque queria ter um meio de transporte para ir pescar com o pai. "Ele tinha um carro novo e não queria dirigir com ele nas pedras e no barro", afirmou.

Menino do Fusca

Acervo pessoal
Thiago dá palestras sobre sua história

Quando o sonho finalmente se concretizou, a história foi parar nas redes sociais e trouxe grande visibilidade. Morador de Assis Chateaubriand, no oeste do Paraná, o adolescente ficou conhecido como "menino do Fusca" e já fez mais de 80 palestras para 50 mil pessoas nos últimos dois anos. Apenas uma parte do público (cerca de 10 mil pessoas) é composta por crianças.

Apoiado pelo Sicredi, o jovem palestrante lançou no ano passado uma história em quadrinhos com sua história, com tiragem de mais de 10 mil exemplares, para distribuição gratuita em escolas e durante as palestras promovidas pela cooperativa de crédito. O próximo passo deve ser o lançamento de um livro, que já começou a ser escrito por Thiago.

Sonho de personalizar o Fusca

Outro sonho do estudante é personalizar o seu Fusca. "Já estou juntando dinheiro para isso e também tenho guardado o cachê das palestras para pagar uma faculdade", afirmou o menino do Fusca, que pensa em estudar economia.

De família humilde, Thiago tem tido a oportunidade de fazer compras e viagens que antes estavam fora do orçamento familiar. "Consegui comprar roupas e o celular que eu queria", disse. Seus pais possuem um negócio próprio de venda de fraldas descartáveis.

Acervo Pessoal
Thiago durante visita a São Paulo

Outra consequência do seu trabalho como palestrante foi a possibilidade de viajar para diferentes lugares do país e andar de avião pela primeira vez.

"Conheci a avenida Paulista e comi aquele pão com mortadela famoso de São Paulo", afirmou Thiago, que cursa atualmente o nono ano do ensino fundamental.

O principal ensinamento que ele gosta de passar adiante em suas palestras é: "nunca deixe que alguém diga que você não é capaz". Para quem também sonha em juntar dinheiro, Thiago recomenda ter foco e determinação.

"Falo para as pessoas começarem desde hoje, não importa o valor, e digo que não tem que ter pressa."

Confira as cinco dicas que o menino do Fusca dá durante as suas palestras:

  • Sonhe com alguma coisa que você queira ter
  • Comece a economizar, não importa o valor
  • Só gaste o valor poupado antes de realizar o sonho se for muito necessário (problema de saúde ou familiar)
  • Nunca empreste dinheiro a não ser que seja para alguém de confiança
  • Continue poupando sempre

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos