IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Imposto de Renda 2023: Quem precisa declarar? Veja valores

Do UOL, em São Paulo

27/02/2023 10h31Atualizada em 02/03/2023 12h57

As principais regras de declaração do Imposto de Renda 2023 são as mesmas do ano passado. O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda 2023 será de 15 de março a 31 de maio.

É obrigado a declarar o Imposto de Renda em 2023 quem:

  • recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2022, incluindo salários, aposentadorias, pensões e aluguéis. O valor é o mesmo da declaração do ano passado
  • ganhou mais de R$ 40 mil isentos, não tributáveis ou tributados na fonte no ano (como indenização trabalhista ou rendimento de poupança)
  • obteve em 2022, ganho de capital na venda de bens ou direitos (casa, por exemplo), sujeito à incidência do imposto
  • realizou operações na Bolsa ou no mercado de capitais cuja soma foi superior a R$ 40 mil;
  • quem vendeu ações na Bolsa com apuração de ganhos líquidos sujeitas à incidência do imposto;
  • quem recebeu mais de R$ 142.798,50 em atividade rural (agricultura, por exemplo) ou tem prejuízo rural a ser compensado no ano-calendário de 2022 ou nos próximos anos.
  • era dono de bens, inclusive terra nua, no valor de mais de R$ 300 mil
  • passou a morar no Brasil em qualquer mês de 2022 e ficou aqui na condição de residente até 31 de dezembro

Novidades na declaração

A principal novidade nas regras é a declaração para quem vendeu ações cuja soma é maior que R$ 40 mil. Até o ano passado, qualquer operação de venda de ações na Bolsa obrigava o investidor a fazer a declaração do IR. A regra vale apenas para operações de venda de ações.

Nova regra de prioridade na fila de restituição. A Receita também anunciou que os contribuintes que utilizarem a declaração pré-preenchida no Imposto de Renda 2023 ou que optarem por receber a restituição por Pix terão prioridade nos lotes de pagamento.

Veja aqui as principais datas do Imposto de Renda 2023.

O Imposto de Renda é uma declaração que deve ser realizada por pessoas e empresas à Receita Federal anualmente. No documento, devem ser relatados todos os rendimentos ganhos ao longo daquele período. Por meio da declaração, o governo analisa quais tributos já foram pagos pelo contribuinte e se o declarante deve receber restituição ou pagar algum valor de acordo com a tabela preestabelecida. Veja abaixo todas as notícias e informações sobre o Imposto de Renda 2024.