PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

CPFL e Sabesp: duas ações com bons dividendos, mas resultados opostos

Conteúdo exclusivo para assinantes

Felipe Bevilacqua

26/03/2021 08h35

Entramos nos últimos dias para a divulgação de resultados das empresas no último trimestre de 2020 e no ano consolidado. O prazo máximo é 31 de março.

E nessa reta final, vou comentar os resultados de duas empresas que já estão consolidadas e são boas pagadoras de dividendos: a CPFL, do setor de energia, e Sabesp, prestadora de serviços de saneamento básico. Os números foram divulgados na noite de quinta (25), após o fechamento do mercado.

O UOL Economia tem uma área exclusiva para quem quer investir seu dinheiro de maneira segura e lucrar mais do que com a poupança. Conheça!

Confira a seguir a análise de Felipe Bevilacqua, analista e sócio-fundador da casa de análise Levante Ideias de Investimento. Todos os dias, Belivacqua traz notícias e análises de empresas de capital aberto para você tomar as melhores decisões de investimentos. Este conteúdo é exclusivo para os leitores de UOL Economia+. Conheça os recursos do serviço de orientação financeira UOL Economia+, para quem quer investir melhor.

CPFL Energia (CPFE3) - Impacto negativo no curto prazo

Os resultados da CPFL Energia (CPFE3) referentes ao quarto trimestre de 2020 vieram abaixo das expectativas devido ao menor volume de vendas e maiores despesas no período.

De forma consolidada, a receita operacional líquida subiu 15,6% no ano contra ano, totalizando R$ 9,3 bilhões no quarto trimestre de 2020. No acumulado de 2020, esse avanço foi mais contido, de 3,2%, somando R$ 30,9 bilhões.

O volume de vendas de distribuição diminuiu 1,3% na comparação anual. O recuo, puxado por quedas nos segmentos industrial, de 13,1% no ano contra ano, e comercial, com redução de 11,0%, foi parcialmente compensado no segmento residencial, de 5,5%.

A companhia apresentou também leve piora nas despesas, com um aumento de 12,2% na comparação anual. Em relação ao lucro líquido reportado no trimestre, o avanço foi de 14,6% no ano contra ano, totalizando R$ 964,6 milhões, abaixo das expectativas.

O Conselho de Administração da companhia propôs distribuir R$ 1,731 milhão em dividendos aos detentores das ações ordinárias. O valor corresponde a R$ 1,5019 por ação, um retorno em dividendos de 4,88%.

Com os resultados mais tímidos, esperamos impacto negativo no preço das ações da companhia (CPFE3) para o curto prazo.

Sabesp (SBSP3) - Resultados melhores do que o esperado

Os números da Sabesp (SBSP3) vieram acima do esperado. O avanço na receita operacional líquida foi de 4% na comparação anual, totalizando R$ 4,9 bilhões no quarto trimestre. No acumulado do ano, a linha apresentou leve contração de 1,0% em comparação a 2019, registrando R$ 17,8 bilhões em 2020.

Como destaques, temos: i) início da operação no município de Mauá (aumento de R$ 204,1 milhões na receita do ano de 2020); ii) instabilidade econômica agravada pelo covid-19 (queda de receitas nos segmentos industrial e comercial); iii) redução da exposição cambial (a conversão para reais da dívida de US$ 494,6 milhões com o Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID).

Apesar de ter recuado 21,3% na comparação anual, registrando R$ 831,5 milhões no quarto trimestre de 2020, o lucro líquido da companhia ficou acima das expectativas. No acumulado anual, a contração foi de 71,1%, contabilizando R$ 973,3 milhões em 2020.

Apesar de resultados tímidos, a companhia superou as expectativas. Esperamos impacto positivo no preço das ações da companhia (SBSP3) para o curto prazo.

Este material foi elaborado exclusivamente pela Levante Ideias e pelo analista Felipe Bevilacqua (sem qualquer participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco . Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL