IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

ANÁLISE

Iguatemi passa a deter 100% de um de seus shoppings mais importantes

Divulgação/Shopping Iguatemi
Imagem: Divulgação/Shopping Iguatemi

Rafael Bevilacqua

13/09/2022 08h56

A operadora de shoppings Iguatemi (IGTI11), que administra ativos voltados para o público de alta renda, anunciou que vai comprar a participação de 36% que a Adeoti Empreendimentos Imobiliários possui no complexo JK Iguatemi. Com esse movimento, a empresa passará a deter 100% do ativo, ante os atuais 64%, numa transação avaliada em R$ 667 milhões.

Confira a seguir o comentário de Rafael Bevilacqua, estrategista-chefe e sócio-fundador da casa de análise Levante Ideias de Investimento, sobre o tema. Todos os dias, Bevilacqua traz notícias e avaliações de empresas de capital aberto para você tomar as melhores decisões de investimento. Este conteúdo é acessível para os assinantes do UOL. O UOL tem uma área exclusiva para quem quer investir seu dinheiro de maneira segura e lucrar mais do que com a poupança. Conheça!

Como forma de financiamento para o negócio, a companhia anunciou no mesmo dia, por meio de outro fato relevante, o follow-on uma oferta de 24,7 milhões de units, ativos compostos por uma ação ordinária e duas ações preferenciais da Iguatemi. Há, ainda, a possibilidade de tal quantidade ofertada ser ampliada em até 65%. A operação será coordenada pelo BTG Pactual em conjunto com os bancos Bradesco BBI, Santander, Credit-Suisse e Itaú BBA.

Tendo por base o preço de fechamento das Units na sexta-feira (9) e o volume a ser ofertado, o montante a ser capitalizado deve oscilar entre R$ 495 milhões e R$ 815 milhões. A empresa fechou o segundo trimestre com uma dívida líquida de R$ 1,7 bilhão, acarretando uma alavancagem medida pela relação dívida líquida sobre lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 2,71 vezes.

A notícia é positiva para a Iguatemi, de modo que espero um impacto positivo no preço de suas ações (IGTI11) para o curto prazo. A aquisição aumentará a exposição da operadora de shoppings a um dos ativos de maior valor estratégico para ela. O shopping JK possui o segundo aluguel por metro quadrado mais elevado do país, atrás somente do Iguatemi Faria Lima, além de constituir a segunda maior fonte de receita para a empresa.

A operação ainda será submetida à ratificação de seus acionistas em Assembleia Geral a ser oportunamente convocada, por se tratar de um investimento relevante, como esclareceu a companhia.

As units da Iguatemi fecharam em queda de 1,80% na segunda-feira (12), cotadas a R$ 19,64.

Este material foi elaborado exclusivamente pela Levante Ideias e pelo estrategista-chefe e sócio-fundador Rafael Bevilacqua (sem qualquer participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco . Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.