PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Investimentos

Investimento Ao Vivo

Analistas da Levante contam tudo sobre o mercado no Investimento Ao Vivo, que acontece quinzenalmente, às terças.


ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

O que aconteceu em 2021 que te ensina a investir melhor o dinheiro em 2022

Conteúdo exclusivo para assinantes

Felipe Bevilacqua

28/12/2021 04h00

O ano de 2021 foi muito instável para os investimentos e é preciso aprender algumas lições para planejar bem o que fazer com seu dinheiro em 2022. Essa é a síntese do que foi discutido no programa Investimento Ao Vivo, da casa de análise Levante Ideias de Investimento, em parceria com o UOL, com o economista Rafael Bevilacqua e a especialista em investimentos Julia Reis,

"Houve muitas reviravoltas em 2021, em vários pontos, como a questão da vacinação e depois as as variantes da covid-19", afirmou Bevilacqua.

Assista abaixo ao programa completo e confira toda a análise feita pelos economistas. Eles também responderam a perguntas sobre investimentos feitas pelos internautas. O Investimento Ao Vivo é transmitido quinzenalmente na página inicial do UOL, UOL Economia e UOL Investimentos, e fica disponível para quem quiser se aprofundar nos temas.

Vacinação impacta positivamente a Bolsa; variantes, não

Eles destacaram o avanço da vacinação contra a covid-19, entre outros pontos, como um acontecimento que impactou a Bolsa positivamente.

"Mas a chegada das variantes delta e depois ômicron trouxe novo temor ao mercado", disse Julia.

Inflação e Selic dão susto no mercado

Em março, a impulsionada da inflação e a consequente alta da taxa Selic trouxeram susto ao mercado, na avaliação de Julia Reis. "São fatores que marcam os mercados e acabam impactando os nossos investimentos e finanças", declarou ela.

A taxa Selic começou 2021 em 2% e termina em 9,25% ao ano, com perspectiva de aumento já no início de 2022.

"Foi em março deste ano, com a alta da inflação, que o Banco Central começou o movimento de aumentar a Selic", explicou Bevilacqua. "A inflação não é um fenômeno local, só no Brasil; é no mundo também, global. Mas começamos a ver alguns sinais de melhora", disse.

Planejamento para 2022

Para Julia Reis, é preciso planejar os investimentos. "Tanto 2020 como 2021 trouxeram bastante ensinamentos, em todos os aspectos: na saúde, no autocuidado, cuidado com o bolso, com as finanças. Não tem como separar a qualidade de vida da saúde física e financeira. Agora temos que aproveitar esses ensinamentos para nos planejarmos para 2022", declarou.

Bevilacqua diz que a disciplina de poupar é fundamental. "Vamos tentar tirar proveito desses ensinamentos para pensar nos investimentos. Poupar não é uma questão de quanto você ganha, mas de disciplina", afirmou.

O que escolher na hora de investir

Julia Reis diz que é importante ficar de olho no entorno para ver quais setores estão retomando suas atividades, como shoppings, restaurantes e o setor de turismo, entre outros.

"A retomada da economia acaba impulsionando o varejo, o turismo entre outros. É preciso ficar atento a essa 'movimentação' e pensar como ela pode impactar o faturamento das empresas e consequentemente nossos investimentos", afirmou.

Bevilacqua dá um exemplo prático: "A gasolina está cara? Talvez valha ganhar investir em empresas do setor. Uma empresa vai bem quando ela consegue vender mais, conquistar mercado. Isso a gente consegue perceber no dia a dia e trazer para os investimentos", explicou ele.

Para Julia, é preciso trazer o racional para a tomada de decisão. "Um olhar mais atento para esses acontecimentos nos permite compreender o porquê determinados ativos são recomendados para investimento", explicou.

Queremos falar com você

Fique atento às notificações do seu e-mail, pois caso haja alguma modificação na sua carteira, você será avisado.

Acompanhe também os boletins diários preparados por Felipe Bevilacqua, com análises do cenário macroeconômico e do noticiário corporativo. Você recebe esse boletim todos os dias, antes da abertura do mercado, para começar o dia com as informações das quais precisa. Ainda não recebe os e-mails? Inscreva-se aqui na newsletter de investimentos do UOL.

Tem alguma dúvida sobre algum investimento? Pode enviar para o Felipe: duvidasparceiro@uol.com.br

Este material foi elaborado exclusivamente pela Levante Ideias e pelo analista Felipe Bevilacqua (sem qualquer participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco . Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL