Só para assinantesAssine UOL

Petrobras (PETR3), Vale (VALE3) e Americanas (AMER3) movimentam mercado nesta quarta-feira; veja mais destaques

A atualização do valor de dividendos da Petrobras (PETR3) após recompra das ações é um dos destaques desta quarta-feira (22).

Também está entre os destaques do mercado financeiro a Vale (VALE3), após afirmar que seus dividendos da Vale seguirão inalterados. 

A Americanas (AMER3) também é destaque hoje, depois de anunciar que foi deferido pela Justiça o pedido da companhia de convocação de assembleia geral de credores (AGC). 

Veja os destaques do mercado financeiro hoje:

Petrobras 

A Petrobras (PETR3) anunciou que, em decorrência do programa de recompra de ações, houve alteração do número de ações em tesouraria. Assim, o valor bruto dos dividendos e juros sobre capital próprio (JCP) por ação a serem pagos com base no balanço de 30 de setembro de 2023 passa a ser de R$ 1,3453475 por ação ordinária e preferencial, sendo:

  •  primeira parcela, no valor de R$ 0,672674 por ação ordinária e preferencial 
  •  segunda parcela, no valor de R$ 0,6726735 por ação ordinária e preferencial

Vale

A Vale (VALE3), por meio de aviso aos acionistas, destacou que não houve alteração no número de ações em circulação da companhia no contexto atual.

Continua após a publicidade

Com isso, os dividendos da Vale seguirão inalterados. O valor final bruto de remuneração para pagamento de proventos que ocorrerá no dia 1º de dezembro segue em R$ 2,33 por ação.

Americanas

A Americanas (AMER3) informou que o juízo da 4ª Vara Empresarial da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro deferiu o pedido da companhia de convocação de assembleia geral de credores (AGC) a ser realizada, em primeira convocação, no dia 19 de dezembro de 2023 e, em segunda convocação, no dia 22 de janeiro de 2024, para deliberação sobre o Plano de Recuperação Judicial. 

Segundo a Americanas, o edital de convocação da AGC será publicado oportunamente e já está disponível para consulta nos autos da Recuperação Judicial e no site da Administração Judicial Conjunta.

Prio 

A Prio (PRIO3) afirmou que a Aventi Strategic passou a deter 4,12% do seu capital social da companhia, equivalente a 36,5333 ações ordinárias. 

Continua após a publicidade

3R Petroleum 

O Goldman Sachs informou possuir participação, de forma agregada, através de derivativos de liquidação física, equivalente a 9.544.445 ações ordinárias de emissão da 3R Petroleum (RRRP3), correspondente a 3,98% do capital social, além de instrumentos derivativos de liquidação financeira equivalentes a 6.253.489 ações ordinárias de emissão da companhia, correspondente a 2,61% do capital social.

Auren

O conselho de administração da Auren Energia (AURE3) aprovou a declaração e distribuição de dividendos extraordinários, no valor total de R$ 1,5 bilhão.

Os dividendos da Auren têm como base parte de sua reserva de lucros, e equivalem a R$ 1,50 por ação ordinária.

Apenas terão direito aos dividendos da AURE3 os acionistas que comprarem as ações da companhia e se mantiverem com elas até o final do dia 8 de dezembro de 2023.

Continua após a publicidade

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Petrobras (PETR3), que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.

Este material foi elaborado exclusivamente pelo Suno Notícias (sem nenhuma participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo nenhum tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco. Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora