Só para assinantesAssine UOL

Eletrobras (ELET3), 3R Petroleum (RRRP3) e Cyrela (CYRE3) movimentam o mercado nesta sexta-feira; veja mais destaques 

A aprovação dos acionistas da Eletrobras (ELET3) para incorporação da subsidiária integral Furnas é um dos destaques desta sexta-feira (12). 

Também está entre os destaques do mercado financeiro a 3R Petroleum (RRRP3), após o conselho aprovar a oferta pública de distribuição da 4ª emissão de debêntures. 

A Cyrela (CYRE3) também está no radar dos investidores, depois de divulgar dados de suas vendas no quarto trimestre de 2023 (4T23). 

Veja os destaques do mercado financeiro hoje:

Eletrobras 

A Eletrobras (ELET3) confirmou nesta quinta-feira, 11, a aprovação em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) da incorporação da subsidiária integral Furnas. 

"A incorporação de Furnas representa um marco importante à reorganização societária da Eletrobras e simplificação de sua estrutura conforme previsto no Plano Estratégico", disse a empresa em comunicado ao mercado.

A incorporação não acarretará em aumento de capital, emissão de novas ações, nem direito de recesso, segundo comunicado ao mercado divulgado pela companhia.

3R Petroleum 

O conselho de administração da 3R Petroleum (RRRP3) aprovou a oferta pública de distribuição da 4ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em série única, no montante de até R$ 1,3 bilhão.

Continua após a publicidade

As debêntures da 3R Petroleum terão vencimento de cinco anos a partir da data de sua emissão, e serão voltadas exclusivamente a investidores profissionais

Cyrela 

A Cyrela (CYRE3) atingiu a cifra de R$ 2,593 bilhões em vendas totais contratadas no quarto trimestre de 2023, queda de 4% na base anual, mas aumento de 15% na comparação trimestral, segundo prévia operacional.

Iguatemi

A Iguatemi (IGTI11) anunciou que atingiu recorde de vendas totais de R$ 5,9 bilhões no quarto trimestre de 2023 - alta de 11,7% em relação ao mesmo período de 2022.

No acumulado do ano, as vendas totais da Iguatemi alcançaram o montante de R$ 18,9 bilhões, alta de 11,2% sobre 2022, "sendo esse o maior crescimento anual de vendas sem variação de área bruta locável (ABL) da série história da Iguatemi", informou a companhia.

Continua após a publicidade

PetroReconcavo

A PetroReconcavo (RECV3) teve uma produção média de 22,9 mil barris de óleo equivalente por dia (boed) em dezembro de 2023. O número ficou abaixo do mês anterior.

A produção da PetroReconcavo em dezembro é 11,2% menor do que a registrada em novembro de 2023, "em decorrência de uma paralisação temporária de parte da produção de petróleo e gás natural, no ativo Potiguar, ocorrida ao longo do mês", disse a companhia.

Em todo o quarto trimestre de 2023, a produção média diária foi de 25,3 mil barris de óleo equivalente, queda de 9,2% em relação ao 3T23.

MRV 

A incorporadora MRV&Co (MRVE3) divulgou vendas líquidas de R$ 2,3 bilhões no quarto trimestre de 2023 (4T23), representando uma alta de 55,8% em relação ao 4T22 e de 4,3% frente ao 3T23. No ano, as vendas líquidas atingiram R$ 8,5 bilhões, um aumento de 45% na base anual. 

Continua após a publicidade

Camil 

A Camil (CAML3) teve um lucro líquido de R$ 143 mihlões no terceiro trimestre fiscal de 2023 (3T23), representando uma queda de 2,8%, ante os R$ 147,1 milhões do terceiro trimestre de 2022.

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Eletrobras (ELET3), que deve estar no foco dos investidores hoje.

Este material foi elaborado exclusivamente pelo Suno Notícias (sem nenhuma participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo nenhum tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco. Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora