Só para assinantesAssine UOL

Itaú (ITUB4): BofA eleva recomendação para as ações; veja os motivos

Em relatório divulgado na quarta-feira (17), o Bank of America fez uma revisão do setor bancário e trouxe visões para o ano de 2024, elevando a recomendação para as ações do Itaú (ITUB4) de neutra para compra.

O banco elevou a recomendação para ITUB4 por entender que o valuation premium é merecido dada a sua execução superior, apontando ser uma das preferências ao lado do BTG Pactual (BPAC11). O BofA elevou o preço-alvo para as ações de Itaú, de R$ 33 para R$ 40, ou um potencial de alta de 20%, destacando a preferência pelos "pesos-pesados".

Segundo os analistas do Bank of America, a diferença de valuation do Itaú em relação ao Bradesco (BBDC4) continua elevada e ela é merecida.

"A fraca rentabilidade do Bradesco e as fracas tendências operacionais em comparação com o Itaú explicam tal disparidade. Enquanto o Itaú entregou ROE (retorno sobre o patrimônio) de 20,9% nos primeiros nove meses de 2023, o Bradesco registrou 11,4%", disseram.

Ainda de acordo com o BofA, o Itaú também apresentou melhores tendências operacionais que o Bradesco, incluindo:

  • Crescimento da carteira de crédito;
  • Inadimplência mais baixa;
  • Índice de cobertura mais alto;
  • índice de eficiência;
  • Níveis de renegociação;
  • Maior posição de capital.

Bank of America avaliou outros bancos; confira

Ainda de acordo com o BofA, duas ações tiveram a recomendação cortada de compra para neutra: as do ABC Brasil (ABCB4), devido ao baixo potencial de valorização em relação ao preço-alvo e as do Banco Pan (BPAN4), à medida que houve redução nas estimativas de lucro do banco.

O preço-alvo para ABCB4 foi mantido em R$ 27 e o de BPAN4 caiu de R$ 11 para R$ 9,40.

Continua após a publicidade

Para os bancões, assim como o Itaú, o BofA tem recomendação de compra para Banco do Brasil (BBAS3). Já para o Bradesco, o banco tem recomendação neutra e 'underperform' (equivalente à venda para Santander Brasil (SANB11).

Itaú Unibanco (ITUB4) convoca AGO para acionistas

Itaú Unibanco informou aos acionistas que a próxima Assembleia Geral Ordinária (AGO) acontecerá no dia 23 de abril de 2024.

Conforme a publicação do banco divulgada pelo Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta segunda-feira (15) pela manhã, o encontro já era previsto no Calendário de Eventos Corporativos do Itaú, divulgado em 27 de outubro de 2023.

Mais detalhes ara participar da AGO do Itaú (ITUB4) ainda serão divulgados:

"A Companhia esclarece que todas as informações e orientações acerca da AGO serão disponibilizadas oportuna e tempestivamente, quando da divulgação do Edital de Convocação da AGO e do Manual da Assembleia", informa o banco.

Continua após a publicidade

Desempenho das ações do Itaú

Este material foi elaborado exclusivamente pelo Suno Notícias (sem nenhuma participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo nenhum tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco. Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora